Parceria entre Estado e cooperativas incrementa exportações para China

O governador Tarso Genro assinou, no dia 9, documento que estabelece uma plataforma de negócios sino-brasileira entre o Rio Grande do Sul, a China e quatro cooperativas gaúchas. Participam desse consórcio a Cooperativa Languiru, de Teutônia, na oportunidade representada pelo seu presidente, Dirceu Bayer, e vice-presidente, Renato Kreimeier; a Piá; a Cosulati; e a Ecocitrus. A assinatura do documento ocorreu no Palácio Piratini, em Porto Alegre.

A ação tem por objetivo apoiar, por meio de medidas práticas – como identificação de produtos, certificação, exposição, agilidade e comunicação -, a incursão das empresas gaúchas no mercado chinês, especialmente na zona de livre comércio de Xangai.

De acordo com o governador, é papel do Estado organizar um mercado regular, estabelecendo conexões que permitam uma plataforma de negócios que aproxime as empresas gaúchas da China, salientando que a parceria é resultado concreto de recente missão do Governo do Estado à China.

O secretário da Agricultura, Pecuária e Agronegócio, Cláudio Fioreze, afirma que a parceria incentiva o aumento da produção com qualidade e sanidade. “Dentro da meta do Estado de duplicar a produção de leite em dez anos, passando de dez para 20 milhões de litros/dia, a relação bilateral com a China agrega valor à exportação, sobretudo de derivados lácteos. Ao garantir mais produção, qualidade e sanidade, estaremos abrindo horizontes promissores para uma das mais importantes cadeias produtivas do campo, com 120 mil famílias e responsável por 2% do PIB.”

O presidente da Languiru, Dirceu Bayer, se disse feliz com a oportunidade de acesso ao mercado chinês. “Percebemos o interesse do governo, que enxergou nosso potencial. Queremos agarrar essa oportunidade para o nosso produto. Estávamos tentando ingressar no mercado chinês há mais de dois anos.”

Memorando

O documento trata da Plataforma de Facilitação de Comércio e Investimento entre China e Brasil, tendo o Governo do Estado do Rio Grande do Sul como parceiro por meio do Sistema Financeiro Gaúcho – coordenado pela Secretaria de Desenvolvimento e Promoção do Investimento (SDPI) -, com a participação da secretaria da Agricultura, Pecuária e Agronegócio, das cooperativas Agropecuária Petrópolis (Piá), Languiru, Sul-Riograndense de Laticínios (Cosulati) e dos Citricultores Ecológicos do Vale do Caí (Ecocitrus).

A plataforma visa o fortalecimento das relações comerciais e investimentos sino-brasileiros e procedimentos para cooperação e implementação dos objetivos econômicos recíprocos.

A principal motivação para parceria está na ampliação do comércio com a China, de forma a agregar valor aos produtos para exportação, possibilitar a exportação de pequenas e médias empresas e também o desenvolvimento de produtos específicos para o mercado chinês, além de atrair investimentos para o Rio Grande do Sul.

você pode gostar também Mais do autor

Comentários

Carregando...