Palestra de Dunga arrecada R$ 11 mil para o Hospital Ouro Branco

“Muitas vezes, quando os brasileiros não conseguem resolver seus problemas, colocam muitas das suas fichas no futebol como a solução para tudo.” A frase é do técnico da Seleção Brasileira de Futebol, Carlos Caetano Bledorn Verri, o Dunga, que na noite da última quinta-feira, dia 16, deu a sua importante contribuição para que o Hospital Ouro Branco (HOB), de Teutônia, possa continuar lutando para manter suas portas abertas diante da crise da Saúde que assola o Rio Grande do Sul.

E como o próprio futebolista destacou na sua palestra “Desafios e oportunidades: como superar as adversidades com comprometimento e espírito de liderança”, muitas conquistas dependem do trabalho em equipe, da união de esforços, a exemplo do que, de fato, acontece em esportes coletivos como o futebol. Pois as comunidades de Teutônia e de municípios vizinhos deram uma grande demonstração de união ao prestigiarem a 9ª edição do evento em comemoração ao Dia do Comerciante, visto que a receita líquida com a venda de ingressos foi revertida integralmente à casa de saúde teutoniense. Ao todo, foram R$ 11 mil arrecadados, reflexo de uma Associação da Água lotada, com a presença de cerca de mil pessoas, em evento promovido pela CIC, com o patrocínio de Scheid Kafruni Barcelos Advogados Associados.

De maneira bastante espontânea e descontraída, Dunga falou da sua trajetória no futebol, em especial a sua dedicação à Seleção Brasileira, desde as categorias de base, como capitão do tetra e agora como técnico do escrete canarinho. Ele também procurou diferenciar envolvimento de comprometimento. “Muitas pessoas são envolvidas e, no futebol, isso fica muito evidente. Todos têm uma opinião sobre o futebol brasileiro. Mas, de fato, poucos são os que efetivamente se comprometem. E assim são as coisas na vida cotidiana de cada um de nós, seja no âmbito pessoal, familiar ou profissional. Em qualquer que seja a situação, precisamos estar verdadeiramente comprometidos e dispostos a fazer o algo a mais”, disse.

Lembrando as dificuldades enfrentadas pela Seleção Brasileira desde as Eliminatórias até a conquista do quarto título mundial em 1994, nos Estados Unidos, Dunga trouxe curiosidades e falou de sentimentos pessoais. “Devemos estar sempre preparados para aproveitar as oportunidades, e eu tive uma segunda chance no futebol, depois da derrota na Copa do Mundo de 1990, ao retornar como capitão na Seleção campeã de 1994”, lembrou. Trazendo para a vida cotidiana de cada um, Dunga explicou que “trabalho em equipe é ter um sonho em comum, em que a sua realização depende do esforço de todos, com muita concentração e foco”.

Lembrando a cobrança de pênaltis da final contra a Itália, Dunga mostrou-se visivelmente emocionado, sendo aplaudido de pé pelo público. Sobre aquele grupo, ele destacou que foi uma equipe “talhada para ganhar, que aprendeu com os erros. Mais do que isso, uma equipe com mentalidade vencedora”.

Conhecido pelo seu estilo direto, classificado por alguns como “truculento” nas palavras, Dunga assimila a imagem de durão com bom humor. Como sugestão, ensinou que todos devem acreditar no seu próprio potencial, saber trabalhar com risco calculado e almejar sempre mais. “Acredite, treine, trabalhe com qualidade e jamais desista de você mesmo. E atenção, não se deixe influenciar muito pelo que os outros falam de você, principalmente as coisas negativas”, divertiu-se.

Para ele, não existe uma fórmula para a vitória, pois devemos aprender a cada dia com as situações que se apresentam, buscando melhorar sempre. Sugeriu ainda que os gestores busquem se cercar dos melhores, o que é essencial para a construção coletiva do conhecimento e a evolução pessoal e do grupo. “Esteja sempre bem acordado para sonhar e saiba que nenhum sonho se torna realidade sem trabalho. Seja líder de sua vida”, acrescentou.

R$ 11 mil para o hospital de Teutônia

Ao final da palestra, Dunga, o presidente em exercício da CIC, Renato Scheffler, o vice-presidente do Comércio da entidade, Glauco Reinheimer, e o advogado Vitor Alexandre Scheid, realizaram a entrega simbólica do cheque de R$ 11 mil ao presidente da mantenedora do Hospital Ouro Branco, Francisco de Souza Abrahão.

“Assim como na vida, você não vence sozinho. Cada um deve fazer a sua parte, independente se os outros cumprirão com a sua ou não. Sempre que puder colaborar, ajudar ao próximo, você vai estar se realizando. Felicidade e alegrias são momentos, mas se você estiver de bem com você mesmo, isso será eterno. E é isso que cada um precisa manter. Então, quando você puder ajudar os outros, você será eternamente melhor”, destacou Dunga logo após a palestra.

“O futebol, muito mais do que um esporte, é um evento sociocultural que possui uma grande influência na sociedade e, principalmente, entre os jovens. O jogador de futebol, muitas vezes, não se dá conta disso e, por vezes, acaba influenciando negativamente pelo seu comportamento dentro e fora de campo. O Dunga, ao contrário, sempre foi um exemplo de dedicação, de empenho e de humildade. Muito mais do que o capitão do tetra, ele é uma personalidade importante no Brasil e no mundo. A CIC Teutônia agradece e se orgulha muito com a sua presença no evento pelo Dia do Comerciante”, agradeceu Reinheimer.

“Em nome do HOB, cumprimento à diretoria da CIC, em especial do setor de Comércio, pela realização de mais um evento em comemoração ao Dia do Comerciante em Teutônia. Agradeço ao Dunga por ter aceito o convite e, principalmente, por ter indicado que esse evento fosse beneficente, atendendo a uma entidade de Teutônia. Isso, por si só, aumenta nossa estima e admiração por essa grande figura do cenário futebolístico nacional. A todos que participaram do evento, o nosso muito obrigado, pois com isso estão dando a sua contribuição para mantermos as portas do Hospital Ouro Branco abertas. Diretoria e funcionários do HOB, estamos todos comprometidos para superar as adversidades, assim como Dunga destacou em sua palestra”, enfatizou Abrahão.

“Parabéns aos comerciantes pelo seu dia, na esperança de melhores momentos pela frente. O evento pelo Dia do Comerciante é tradicional e, na edição deste ano, com recorde de público, pudemos trazer a mensagem motivacional do técnico Dunga, que nos brindou com muitas experiências de vida. Obrigado por ter aceito este convite. Seu gesto nobre de reverter os valores arrecadados no evento ao Hospital Ouro Branco é algo que nos motiva muito”, concluiu Scheffler.

Conforme o diretor executivo do HOB, André Lagemann, esse valor será utilizado para o custeio, com pagamento de despesas como medicamentos, materiais e energia elétrica.

Encerradas as formalidades, Dunga atendeu aos pedidos do público e posou para muitas fotos, além de ter concedido autógrafos. Simpático, ele não se esquivou dos fãs mais afoitos que o seguiram até a entrada do veículo que lhe aguardava para retornar a Porto Alegre.

Comemorações pelo Dia do Comerciante em Teutônia

Sem dúvida o comércio é um dos setores que mais ajudam a impulsionar a economia brasileira. Diferentemente do que ocorria no século passado, a sociedade contemporânea busca, cada vez mais, sanar seus anseios do modo mais rápido, ou seja, comprando algo ao invés de fazê-lo. Em Teutônia, dos 473 associados da CIC, em torno de 53% são do setor do comércio.

As comemorações pelo Dia do Comerciante organizadas pela CIC Teutônia iniciaram em 2007, com palestra vivencial sobre “Inteligência emocional e autoestima”. Em 2008, destaque para o teatro-palestra “O maior vendedor do mundo”. No ano seguinte, na 3ª edição, aprendizado com encenação da peça teatral “A incrível arte de vender – afinal de contas, ninguém quer saber de crise”. Em 2010, palestra-show “Se sentir bem!”, numa noite de homenagens, de integração, de aprendizado, de diversão e de reflexão. No ano de 2011, destaque para a palestra “O cliente tem razão ou não?”. Na 6ª edição, em 2012, espetáculo de stand up comedy “Radicci Acústico”. Na edição de 2013, show humorístico “Humor à primeira vista”. Na 8ª edição, no ano passado, palestra “O que importa não é a vontade de vender, mas a vontade de se preparar para a venda”.

Com o público da palestra de Dunga na 9ª edição, o Dia do Comerciante em Teutônia já reuniu mais de quatro mil pessoas.

você pode gostar também Mais do autor

Comentários

Carregando...