Obras de duplicação da BR-386 são retomadas

Ito Lanius participa de comitiva que batalhou pela retomada das obras

Restam 11 quilômetros entre as cidades de Estrela e Bom Retiro do Sul.

As obras de duplicação da BR-386 foram retomadas nesta segunda-feira (02), entre as cidades de Estrela e Bom Retiro do Sul. Parada há cerca de um ano, a ampliação da via segue agora um cronograma estabelecido pelo Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit). A previsão é que os 11 quilômetros restantes sejam entregues até o mês de junho de 2017.

A conclusão do trecho foi anunciada em dezembro de 2016, pela superintendência da autarquia. Diversos encontros entre o departamento e entidades regionais garantiram a retomada das obras.

O presidente da CIC Vale do Taquari, Ito Lanius, explica que, nos primeiros encontros, foram informados que não haviam recursos para terminar a duplicação. Porém, com a aprovação de recursos da Lei Orçamentária Anual (LOA), o Dnit confirmou a aprovação de R$ 40 milhões para o término da obra.

A duplicação teve início em 2010, com perspectiva de ser entregue em 2013 e custo estimado em R$ 165 milhões. Com o passar dos anos, o valor é estimado em R$ 200 milhões. Lanius destaca que, “além da falta de recursos, a demora na entrega de licenciamentos e, principalmente, a presença da aldeia indígena, foram entraves para a conclusão dos trabalhos”. Por conta da obra, a tribo caingangue que vive às margens da rodovia teve de ser realocada.

As atividades serão concentradas entre os km 355,5 e 361,5. Segundo o Dnit, o projeto está com 98,83% da terraplanagem e 79,87% da pavimentação concluídas. Na média geral, o empreendimento de 33,4 quilômetros está 91,6% pronto. NR

Fonte Unidade Móvel - Grupo Independente

você pode gostar também Mais do autor

Comentários

Carregando...