O Maior Presente do Mundo é tema do espetáculo de Natal do Lajeado Brilha 2017

A Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) Lajeado se dedica aos preparativos da programação do dia 25 de novembro, a qual tem como auge a apresentação do espetáculo de Natal O Maior Presente do Mundo e a Chegada do Papai Noel. O evento será a partir das 18h na Avenida Piraí, no Bairro São Cristóvão, onde parte da via será fechada para melhor acomodação das milhares de pessoas que são aguardadas.

A encenação tem o objetivo de fazer o público refletir, passando uma mensagem de esperança e compreensão. Diretor do espetáculo, Daniel Burghardt explica que a história está baseada no desejo de todas as crianças do mundo por um presente no Natal. A questão principal é que nem sempre é um brinquedo, a exemplo do que representa a pequena Antônia neste teatro. Assim como outras tantas crianças, ela não quer apenas bens materiais e sim aqueles presentes impossíveis de se embrulhar ou carregar no trenó, como carinho, companhia e atenção dos adultos. Uma história envolvente e cheia de surpresas que fará todo público perceber qual é e principalmente onde está O Maior Presente do Mundo. O evento terá, entre retaguarda e personagens, a participação de cerca de 150 pessoas.

O encerramento será com a chegada do Papai Noel, que ao final ficará à disposição das crianças. A atividade tem entrada franca e outras atrações também poderão ser conferidas antes do espetáculo, como brinquedos infláveis. Eles estarão acessíveis mediante a troca por alimentos não perecíveis, sendo que cada 1kg doado dá direito a três ingressos. Atividades de pintura no rosto e Hora do Conto serão oferecidas pelo Sesc, os integrantes do Cortejo de Natal também estarão presentes e o Cedelinho começa neste dia os passeios de Natal. Viabilizado através da Lei Rouanet, o evento tem o patrocínio de Sicredi, Lojas Benoit, Florestal Alimentos, Lyall, Unimed, Bebidas Fruki, Sulgás e Atlas Brasil Calçados, com o apoio do Grupo Independente, Sesc, Prefeitura e Câmara de Vereadores de Lajeado.

 

 

Fonte Simone Rockenbach

você pode gostar também Mais do autor

Comentários

Carregando...