Municípios do G8 estruturam programa de piscicultura

O projeto que prevê a formatação de um programa de piscicultura por meio do Consórcio Público Intermunicipal para Assuntos Estratégicos (CIPAE G8) reuniu os prefeitos das cidades emancipadas de Lajeado na última terça-feira, dia 4, nas dependências da Câmara de Vereadores de Sério.

A Secretaria de Desenvolvimento Rural e Cooperativismo (SDR) do estado cederá, por convênio, uma escavadeira hidráulica para a abertura de tanques em propriedades rurais que se enquadrarem nos critérios definidos pelo programa. Em contrapartida, os municípios destinarão operador de máquinas e os agricultores arcarão com os custos de combustível.

Um encontro realizado semana passada, no Centro Administrativo de Santa Clara do Sul, debateu assuntos relacionados ao tema, como licenciamento ambiental dos empreendimentos e a elaboração dos projetos técnicos, que será feita pela Emater com o acompanhamento das secretarias da Agricultura e do Meio Ambiente de cada município. A reunião teve a participação de membros dos Executivos e de representantes dos escritórios da Emater que integram o G8.

O programa é uma das medidas encontradas pelas administrações municipais para diversificar a agricultura familiar. A iniciativa busca desenvolver a produção de pescado e incentivar a população a consumir tal alimento, tendo em vista a pouca oferta e procura no mercado regional.

Abertura de poços

A SDR também oferecerá uma máquina perfuratriz para a abertura de dois poços artesianos por cidade para beneficiar comunidades do interior afetadas com problemas de abastecimento de água potável. Ainda foram expostas as tratativas com a Emater para execução do Cadastro Ambiental Rural (CAR).

Contratação de veterinário

O Sistema Unificado Estadual de Sanidade Agroindustrial Familiar, Artesanal e de Pequeno Porte (Susaf) foi outro assunto abordado na reunião desta terça-feira, em Sério. Discutiu-se a forma de contratação de um veterinário para inspecionar as agroindústrias dos municípios consorciados. Os prefeitos verificaram que a única maneira possível é uma das cidades destinar um profissional concursado para realizar as vistorias.

você pode gostar também Mais do autor

Comentários

Carregando...