Mercado de energia elétrica e perspectivas futuras são discutidos na Cacis

 

Nesta quinta-feira, 14 de setembro, a Câmara de Comércio, Indústria e Serviço de Estrela (Cacis), trouxe para seus associados uma palestra gratuita, com apoio da Federação das Indústrias do Estado do Rio Grande do Sul (Fiergs), sobre o sistema brasileiro elétrico, abordando mercado para energia elétrica (mercado normal e livre); fontes alternativas; desenvolvimento de projetos de redução de consumo de energia, focado no custo da indústria e perspectivas futuras para a energia. O diretor da empresa GV Energy, Alessandro Ribeiro e sua equipe técnica, apresentaram o atual quadro do sistema elétrico no país e, em especial, no RS, que aponta para a necessidade cada vez maior da busca de novas fontes de energia, uma vez existe um grande gargalo nas linhas de transmissão para escoamento do que é produzido.
Ribeiro falou sobre o mercado livre, onde os consumidores podem escolher seus fornecedores de energia e fez contrapontos entre o mercado cativo, onde a opção tradicional de aquisição de energia ocorre por meio de tarifa regulada pela distribuidora. Segundo o diretor da GV Energy, que também presta consultoria à Fiergs, não existe uma diferença da qualidade de energia forcedida entre esses dois mercados. “O que as diferem são os acordos financeiros, uma vez que no mercado cativo, não há possibilidade do consumidor negociar o preço com a distribuidora”.
O consultor mostrou o processo de migração e as principais vantagens para as empresas, que vai desde a redução de custos, passando pela possibilidade de planejamento orçamentário, a liberdade de negociação, a sustentabilidade do negócio, além do baixo investimento em migração, entre outros.
Na região, algumas empresas já se beneficiam pela opção do mercado livre. A Brasilata foi um exemplo citado, pois a empresa já fez sua migração há alguns anos e apresenta, desde então, um bom retorno em termos de redução de custos e identificação de oportunidades e otimização dos recursos.

Fonte Dobro Comunicação

você pode gostar também Mais do autor

Comentários

Carregando...