Mais de 50 participam de módulo da Escola do Leite

Ao lado de pés de laranjeiras e bergamoteiras, aos fundos da propriedade, próximo a vacas, novilhas e terneiras, uma turma composta por 54 pessoas estuda sobre o tema leite. Todos são participantes da Escola do Leite, projeto inédito da Dália Alimentos, que se encontra em andamento nos municípios que compreendem a região de Arroio do Meio, da qual Venâncio Aires, Mato Leitão, Cruzeiro do Sul, Santa Clara do Sul e outros municípios fazem parte.

Na última semana, dia 15 de junho, participaram das aulas os associados que produzem leite nos municípios próximos a Venâncio Aires e Mato Leitão. Como de praxe, a aula foi realizada na propriedade de um associado. Desta vez recebeu os participantes da escola o casal anfitrião Alceu Paulo (62) e Maria Lúcia Burghardt (53), na localidade de Linha Santo Antônio, no interior do município de Mato Leitão. São dez hectares dedicados à atividade leiteira que, atualmente, conta com 14 vacas em lactação e uma produção média de 350 litros por dia.

Ao receber o módulo que tratou sobre “Controle de Mastites”, ministrado pela técnica em agropecuária Bruna Nardi, Alceu e Maria também se inteiraram de informações para melhor gerir a propriedade. Para o casal, embora atuando com leite há anos, sempre há o que aprender para qualificar os índices e resultados. “A iniciativa da Dália é muito boa. A gente sempre aprende mais, além de trocar informação com nossos colegas agricultores que passam pelos mesmos problemas que nós”, comenta Alceu.

Prestigiando a Escola do Leite, a prefeita de Mato Leitão, Carmen Goerck, elogiou o pioneirismo da Dália em conduzir um projeto deste gênero, que informa e qualifica os produtores. “Hoje, tudo está pautado na informação, no conhecimento, na tecnologia, no manejo e na modernização. Para se obter lucratividade é preciso ter qualidade e produtividade e é isso que a Escola do Leite propõe fazer com os produtores. A Dáklia está de parabéns pelo projeto.”

O quarto e próximo módulo tratará sobre “Pastagens de Inverno e Verão” e será conduzido pelo técnico em agropecuária Roni Roese. As aulas serão realizadas no mês de julho. O projeto Escola do Leite teve início em 2013 e percorre as propriedades rurais com a finalidade de levar conhecimento e informação aos associados que produzem leite para a Dália Alimentos. Este é o novo modelo de assistência técnica da cooperativa.

Aprendizado e mudança de hábitos

Com a apostila debaixo do braço, o casal José Bernardo (61) e Araci Maria (56) Hackenhaar são participantes assíduos da Escola do Leite. Produtores de Vila Santa Emília, interior do município de Venâncio Aires, eles possuem 14 animais em lactação com uma produção média de 300 litros de leite/dia. “Sempre aprendemos algo a mais, mudando alguns hábitos. A aula também é importante para a união do grupo, em que um repassa conhecimento para o outro”, comenta José.

Quem também está atento às informações repassadas pelos técnicos da Escola do Leite é Irio José (60) e Marlene Frey (55), também moradores de Linha Cecília, interior de Venâncio Aires. Segundo ele, as informações compartilhadas durante os encontros servirão para qualificar a propriedade, que hoje possui 51 vacas produzindo 1.400 litros de leite por dia. “São pequenos detalhes que fazem a diferença em qualquer propriedade. Estamos muito satisfeitos com as aulas da Escola do Leite. É um projeto que leva conhecimento e muita troca de informação.”

Datas do módulo IV – Pastagens de Inverno e Verão

  • Dia 5 de julho – Propriedade de Alexandre Becker – Travesseiro (Picada Felipe Essig)
  • Dia 6 de julho – Propriedade de Adelar Paulo Schmitz – Forquetinha (Linha Araguari)
  • Dia 12 de julho – Propriedade de José Kafer – Arroio do Meio (Linha 32)
  • Dia 13 de julho – Propriedade de Décio Leismann – Mato Leitão (Linha Santo Antônio)
  • Dia 19 de julho – Propriedade de Huguete Kronbauer – Cruzeiro do Sul (Linha Sampaio)
  • Dia 20 de julho – Propriedade de Luis Antonio Caye – Cruzeiro do Sul (Linha Sítio)

você pode gostar também Mais do autor

Comentários

Carregando...