Languiru anuncia instalação de queijaria em Teutônia

A Administração Municipal de Teutônia e a Cooperativa Languiru anunciaram, na última terça-feira, dia 27, a implantação de um novo investimento em Teutônia. O Município doará uma área de 4,6 hectares para a cooperativa instalar uma queijaria, junto à atual laticínios da Languiru, na Rua Adolfo Hunsche, no Bairro Teutônia. A previsão é de faturamento de até R$ 50 milhões por ano. A próxima etapa será a apreciação, pela Câmara de Vereadores, do projeto de doação da área.

A nova planta industrial será instalada em formato de módulo. “Isto permitirá aumentar a queijaria conforme a demanda”, explica o presidente da Languiru, Dirceu Bayer. O primeiro módulo representará um investimento de R$ 10 milhões, com projeção de implantação de 3 anos, dependendo das licenças da Fepam e das aprovações junto ao Ministério da Agricultura (Mapa). A queijaria será totalmente automatizada, dentro dos mais modernos padrões, e, por isso, terá uma geração de 10 postos de trabalho.

A unidade terá capacidade de absorver cerca de 100 mil litros de leite por dia, matéria-prima necessária para produzir cerca de 10 mil Kg de queijo por dia. “Serão produzidos queijos do tipo prato e muzzarella, que são os mais consumidos pelos brasileiros”, salienta Bayer. O vice-presidente da Cooperativa Languiru, Renato Kreimeier, explica que a queijaria melhorará a diversificação dos produtos “e atende uma necessidade pelo crescimento da produção de leite recebida diariamente pela Languiru”.

Conforme o projeto elaborado, toda a área construída será de 3.094,78 metros quadrados, compreendendo o prédio da produção, caldeiras, lagos de tratamento, área de circulação, guarita, entre outros anexos.

O prefeito de Teutônia Renato Airton Altmann mostrou-se muito entusiasmado com a notícia. “É uma conquista importante para Teutônia, porque estamos fazendo parceria com uma empresa do Município. É uma satisfação dar um incentivo a uma empresa de Teutônia, com toda a história, tradição e credibilidade da Languiru. É um investimento que renderá excelentes frutos para a economia de Teutônia”, pondera.

O vice-prefeito Evandro Biondo também demonstrou-se contente com o anúncio do investimento e informou que a equipe técnica trabalha para a elaboração do projeto de lei de doação da área para a Languiru. “O projeto deve ser apreciado na Câmara de Vereadores na sessão ordinária do dia 5 de novembro”, estima.

Queijaria Languiru em números

  • Área doada pelo Município: 4,6 hectares (46 mil metros quadrados)
  • Área total a ser construída: 3.094 metros quadrados
  • Capacidade de industrialização: 100 mil litros de leite por dia
  • Produção: 10 mil Kg de queijo por dia
  • Estimativa de empregos: 10 novos postos
  • Projeção de faturamento: R$ 50 milhões por ano
  • Projeção de investimento: R$ 10 milhões
  • Previsão de implantação: 3 anos, dependendo de liberações de Fepam e Mapa

você pode gostar também Mais do autor

Comentários

Carregando...