Instituto Gaúcho do Leite realiza primeira reunião de trabalho

A direção do Instituto Gaúcho do Leite (IGL) realizou na tarde da última quinta-feira, dia 27, sua primeira reunião de trabalho. O encontro ocorreu após o prazo fixado para adesões, definido na assembleia de constituição da entidade, que aconteceu no dia 11 de fevereiro. Dentre as deliberações do colegiado, foi realizado o ajuste dos votos dos sócios fundadores, respeitadas as proporções estatutárias. O prazo de adesão das entidades encerrou-se na quarta-feira, dia 26.

O IGL ficou composto por 35 sócios fundadores e a sua diretoria é composta pelo presidente, Gilberto Antônio Piccinini (Cooperativa Cosuel); 1º vice-presidente, Elton Roberto Weber (Federação dos Trabalhadores na Agricultura no Rio Grande do Sul – Fetag); 2º vice-presidente, Ricardo Russowski (Federação das Associações Comerciais e de Serviços do RS – Federasul); 1º secretário, Clóvis Marcelo Roesler (Associação das Pequenas Indústrias de Laticínios do RS – Apil); 2º secretário João Milton Cunha (Secretaria da Agricultura, Pecuária e Agronegócio do RS – Seapa).

Para Piccinini, “o encontro de hoje serviu para balizarmos a atuação do Instituto, que será um marco para a cadeia produtiva do leite no Rio Grande do Sul. Estamos otimistas e temos a certeza de que realizaremos grande trabalho em prol dos produtores, indústrias e consumidores do leite gaúcho”, complementou o presidente.

Além dos integrantes da diretoria, participaram da reunião Sérgio Miranda, da Fetag, que representou Weber, e os assessores Mário de Conto e Ardêmio Heineck.

você pode gostar também Mais do autor

Comentários

Carregando...