Instalação de geomembranas incrementa eficácia dos dejetos suínos

Por meio de um convênio firmado em dezembro de 2013 entre o município de Roca Sales e o Governo do Estado do RS, através da Secretaria Estadual do Meio Ambiente, os suinocultores serão contemplados com a cobertura de esterqueiras das granjas utilizando geomembrana. O material é oriundo da Consulta Popular de 2010. O valor para aplicação é R$ 48 mil, sendo R$ 40 mil do Estado e o restante da Administração Municipal.

Os produtores interessados em obter o sistema podem inscrever-se gratuitamente até o dia 23 de maio, na Secretaria Municipal da Agricultura. A estrutura para colocação da cobertura é de responsabilidade de cada suinocultor.

Após, técnicos da Emater/RS-Ascar, juntamente com a Agricultura, visitarão as propriedades. Em seguida serão elaborados os projetos para posterior licitação. Tardes de campo e treinamentos de boas práticas também serão promovidos. A instalação da geomembrana será acompanhada e fiscalizada pela equipe do setor responsável.

Entre os produtores já inscritos no programa está Ismael Kummer, da Linha Marechal Deodoro (Constância). Há 12 anos no ramo, Kummer é criador de mil suínos. Para suprir a demanda, três esterqueiras foram construídas. Juntas, comportam 740 mil litros de dejetos. Em uma delas uma cobertura de telhas de fibrocimento foi erguida. “A diferença na qualidade do esterco é enorme. Armazenamos sem a entrada de água da chuva”, explica. Para ele, o incentivo traz qualidade ao setor primário.

Conforme dados do escritório municipal da Emater/RS-Ascar, Roca Sales produz anualmente cerca de 53 mil cabeças de suínos.

Saiba mais

A cobertura de esterqueiras com geomembrana evita a entrada de água dos telhados e das enxurradas. Com a manta, o município pretende controlar a qualidade dos dejetos suínos. O conteúdo de água nos dejetos é um dos fatores que mais afeta a característica fisiológica e química do esterco. Desta forma, a cobertura melhora a eficácia do esterco, tornando-o mais rico em nutrientes, fomentando as culturas. Além disso, o manejo, distribuição e aplicação nas lavouras agrícolas também são facilitados. Após incorporado ao solo, reduz-se a colocação de grandes quantidades de outros tipos de adubos. Entre as vantagens também está a diminuição dos impactos ambientais causados pelos dejetos e economia no transporte devido à redução do volume.

você pode gostar também Mais do autor

Comentários

Carregando...