Hemodinâmica do HBB ganha novo equipamento

Dentro da estratégia de investir na atualização de seu parque tecnológico, o Hospital Bruno Born (HBB) de Lajeado aprimorou o serviço de Hemodinâmica, que funciona desde 1998, e adquiriu um novo equipamento, o Artis Zee Floor, da Siemens. Este novo equipamento traz tecnologia de acordo com as necessidades do mercado e segurança para o atendimento aos pacientes. Com isto, amplia a sua capacidade para atender os casos de alta complexidade em cardiologia e neurologia. Na primeira semana de funcionamento do novo equipamento, a Hemodinâmica do HBB realizou 36 atendimentos, inclusive sendo um realizado pela primeira vez no setor, a embolização, que até então era feita somente no centro cirúrgico.

O novo equipamento

O equipamento, trazido da Alemanha é considerado o que há de mais atual no mercado para o procedimento de hemodinâmica e intervenção cardiovascular e endovascular. Com imagens de altíssima qualidade, o aparelho fornece à equipe médica a possibilidade de diagnosticar problemas cardíacos, vasculares periféricos e radiologia intervencionista em geral, com muito mais precisão e clareza. Conta com painel e sistema digital em alta definição que reconstrói imagens em três dimensões (3D), o que permite o tratamento de patologias complexas intracranianas (aneurismas cerebrais) e malformações arteriovenosas. O equipamento é uma das soluções mais eficazes para o diagnóstico e tratamento das doenças cardiovasculares e endovasculares, possibilitando ao médico visualização refinada das imagens, além de emitir 50% menos radiação e uso mínimo de contrastes.

Segundo Dr. Marcelo Emílio Arndt, médico cardiologista e intervencionista da equipe de Hemodinâmica do HBB, diante dos avanços científicos e tecnológicos, tem-se a hemodinâmica como serviço que dispõe métodos diagnósticos e terapêuticos mais rápidos e com técnicas eficientes, visando menores riscos para o paciente. “Com este novo equipamento e um suporte tecnológico de ponta, conferimos mais segurança e precisão no diagnóstico e tratamento das enfermidades cardiovasculares e neurovasculares”, salienta Dr. Marcelo.

“A Hemodinâmica é considerado um serviço essencial para a comunidade e vem justamente contribuir para ampliar o atendimento a outras especialidades, além da cardiologia”, destaca o médico cardiologista Aldo Pricladnitzki, coordenador médico e fundador do setor de Hemodinâmica/Angiocath do HBB, complementando ainda que o serviço atende, em média, 200 pacientes por mês, vindos de todo o Estado e que desde 1998 já realizou mais de 24 mil exames de Hemodinâmica e 2,5 mil cirurgias cardiovasculares. “O serviço já está consolidado como referencial no sul, e prova disso é a confiança que os profissionais médicos do Estado tem no serviço prestado pela Angiocath aos seus pacientes”, salienta Dr. Aldo.

você pode gostar também Mais do autor

Comentários

Carregando...