Governo de Lajeado pressiona Daer e Dnit por obras

Comitiva integrada por representantes do Executivo e Legislativo se reuniu nesta quarta-feira, dia 26, em Porto Alegre, com as chefias estaduais do Daer e Dnit. O grupo cobra agilidade das autarquias para iniciar obras de infraestrutura na cidade, consideradas emergenciais. Na BR-386, reivindicam a construção de acessos aos bairros Conventos e Montanha. Em São Bento, na ERS-413, o pedido é para duplicação da ponte sobre o Arroio Saraquá.

O primeiro encontro ocorreu às 10h, na sede do Dnit. Documento apontando a necessidade dos investimentos foi entregue ao superintendente Pedro Luzardo Gomes e equipe. Essa foi a primeira reunião com o governo lajeadense, desde que a estatal reassumiu a BR-386, em outubro do ano passado – até então sob jurisdição do Daer.

De acordo com o secretário de Governo, Auri Heisser, o grupo defendeu o projeto entregue pela Administração Municipal que prevê a construção de um refúgio central no acesso a Conventos. Com o refúgio, quem cruzar a rodovia terá pela frente apenas a pista oriunda do sentido Marques de Souza/Lajeado. No local terá espaço para espera de 200 metros, com capacidade para comportar 40 veículos.
Gomes lembrou haver também outro estudo – produzido pelo Daer – sobre a implantação de uma rótula no trecho. Ambas proposições ficaram de ser analisadas e, assim que definida a mais adequada tecnicamente, ela deverá ser acrescida ao atual contrato de manutenção da BR-386. Gomes acredita que a construtora Conpasul, responsável pela recuperação da rodovia entre Montenegro e Soledade, poderá fazer a obra.

Mas estipulou prazo, de pelo menos um mês, até que a construtora possa fazer os devidos reparos na BR. O chefe da autarquia no Estado determinou ao engenheiro Adalberto Jurach para acompanhar de perto do processo e manter contato com o governo lajeadense.

Conforme Heisser, também se defendeu a ampliação do refúgio ao bairro Montanha, no fim do trecho duplicado da BR-386. Para isso, também acredita ser necessário construir um novo acesso ao bairro Santo André, pela rua Rio Grande do Sul.

Ambas obras, conforme a comitiva, serão paliativas em virtude da urgência de mudanças nos locais. Estruturas de maior porte, como viadutos, deverão ser incluídas no projeto de duplicação da BR-386 entre Lajeado e Iraí.

Ponte em São Bento

À tarde, o secretário de Governo esteve na sede do Daer. No local, apresentou dados técnicos solicitados pela estatal há mais tempo. De acordo com ele, resposta concreta por parte do departamento sobre a obra deve ser dada até o fim da semana que vem.

A Administração Municipal de Lajeado propõe à Secretaria do Planejamento, Gestão e Participação Cidadã do estado (Seplag) um novo modelo de ponte sobre o Arroio Saraquá. O previsto é construir uma nova estrutura, separada da que existe. Deve ter duas pistas, totalizando 30 metros de comprimento por 12 metros de largura. “Não vamos aceitar desculpas para não ser pactuado um convênio entre município e Estado. Essa obra precisa sair.”

você pode gostar também Mais do autor

Comentários

Carregando...