Extensionistas da Emater/RS-Ascar fazem visita técnica a Ilópolis

Ilópolis é conhecida como a cidade da erva-mate. Localizada na região alta do Vale do Taquari, a cidade conta com inúmeros pontos turísticos e recebe milhares de visitantes o ano todo. Para conhecer essas belezas, 25 extensionistas da área Social da Emater/RS-Ascar da região administrativa de Frederico Westphalen visitaram, na última quinta-feira, dia 23, a cidade, percorrendo um roteiro de paisagens e aprendizado. Agricultores e entidades parceiras da Emater/RS-Ascar também participaram da viagem.

O primeiro espaço visitado foi o Complexo Arquitetônico do Museu do Pão. Após a recepção com café colonial, na cozinha didática do Museu do Pão, iniciou a oficina de panificação, com apresentação da história do Caminho dos Moinhos, roteiro tradicional da cidade. Na sequência, teve início as boas práticas da oficina e os visitantes puderam aprender receitas à base de produtos da agricultura familiar, como a utilização da erva-mate em diversas formas de panificados.

O roteiro seguiu com a visitação à comunidade de Itapuca, interior de Anta Gorda, município vizinho à Ilópolis. Na ocasião, foram observadas as culturas tradicionais da região, como a erva-mate, noz pecan, milho, entre outras. Os visitantes puderam desfrutar de um almoço colonial e degustaram algumas novidades, como o suco de erva-mate. À tarde, conheceram a Gruta da Nossa Senhora de Lourdes, a Igreja São José do Patrocínio Campanário e outros lugares típicos da região, como o Parque do Ibama Caminhos da Erva-Mate.

A proposta da visita surgiu com o objetivo de atender as demandas em conhecer outras realidades envolvendo o setor da agroindústria e do turismo rural. Neste setor, a cidade de Ilópolis tornou-se exemplo de organização, apresentando um turismo que valoriza e resgata a história e a cultura local, além de ser um dos principais geradores de renda.

“A viagem técnica serviu como capacitação nas atividades de turismo e processamento de alimentos e foi organizada para proporcionar às extensionistas sociais aperfeiçoamento no desenvolvimento das ações em seus municípios. Com isso, é possível enxergar e valorizar as potencialidades de cada município, em especial das propriedades rurais, o que poderá despertar interesse para a implantação de novos trabalhos”, contou a assistente técnica regional da área Social da Emater/RS-Ascar, Dulcenéia Haas Wommer. A viagem contou ainda, com a participação da gerente adjunta do escritório regional da Emater/RS-Ascar de Frederico Westphalen, Ana Claudia Zanatta Pedon.

você pode gostar também Mais do autor

Comentários

Carregando...