Expositores da Estrela Multifeira 2019 recebem treinamento sobre planejamento e otimização da participação

As feiras como uma ferramenta para otimizar negócios e a maneira mais apropriada de planejar a participação foram os principais tópicos abordados pelo CEO da Rede Feiras, Fernando Lummertz, durante o Treinamento para Resultados oferecido aos expositores da Estrela Multifeira 2019 nesta terça-feira (18). Realizada no auditório da Faculdade La Salle, a capacitação contou com a presença de cerca de 50 empresários e colaboradores e esclareceu de que forma devem ser preparados estandes; produtos; recursos materiais, financeiros e humanos; equipe; divulgação; e ações durante e após o evento; para o alcance de todos os objetivos propostos. “Ao longo desses meus 40 anos participando de feiras, só vi expositor não sair feliz quando ele estava mal preparado. Se ele dá importância ao investimento que faz e se preparara adequadamente, pode ter certeza que vai sair com bons resultados”, afirmou Lummertz.

De acordo com ele, as feiras são ambientes onde tudo acontece muito rápido e onde as pessoas estão mais propícias a comprar, sendo utilizadas pela maioria das empresas como um canal diferenciado de aproximação do mercado. Mas apesar da alta taxa de motivação dos visitantes, é fundamental que no local do evento sejam ofertadas condições especiais de vendas, como descontos, prazos ou promoções. Esses são alguns dos detalhes que precisam ser observados para aproveitar as melhores oportunidades naquele período. “É fazer as coisas de forma correta, objetiva e rápida, proporcionando uma boa experiência. Tem que fazer com que o seu diferencial apareça”, apontou Lummertz.

O especialista afirmou que existem possibilidades de se preparar adequadamente para atingir as metas estabelecidas: “É preciso ser eficaz e fazer mais com menos. Tem que fazer com que seu investimento seja rentabilizado da melhor forma possível”. Porém, ele alertou àqueles que já participaram das edições passadas que o planejamento de agora não pode ser espelho dos outros anos, pois a vida das pessoas é dinâmica e o cenário totalmente diferente. Assim, o que foi feito há anos atrás deve servir, no máximo, como um ponto de partida, sendo conduzido para o que é realmente essencial no momento atual. “Fazer planejamento é isso: priorizar o necessário e ir em direção ao conveniente”, explicou.

A partir do cálculo de visitantes e o potencial de retorno sobre o investimento, Lummertz apresentou estatísticas do que acontece nas feiras e de como, conforme a previsão de pessoas que de fato entrarão no estande, é possível definir o que será levado e apresentado durante o evento, como materiais, brindes e refeições. Com esses números, ele atentou para as possibilidades de se garantir bons resultados e lembrou que outros tantos gostariam de ter essa oportunidade: “É de fato um privilégio”.

Aperfeiçoamento
Apesar de já ter participado de todas as edições anteriores, o sócio-proprietário da Metalmec, Mario Bueno, não perdeu a chance de prestigiar o treinamento, o qual considerou uma excelente alternativa para aprimorar sua atuação. “Nunca estamos preparados 100% para as inovações do mercado. Viemos buscar novos conhecimentos”. Segundo ele, as informações adquiridas durante a atividade serão compartilhadas com toda a equipe da empresa, para que se possa criar um planejamento estratégico a fim de oferecer um atendimento diferenciado nesta edição. Bueno não descarta ainda a busca por outros profissionais que auxiliem na preparação para a feira: “Não quer dizer que o treinamento desta tarde seja o suficiente para mantermos o nosso conhecimento daqui para a frente. Sempre há coisas novas. Então, estamos dispostos a sempre buscar mais.”

Fonte Simone Rockenbach

você pode gostar também Mais do autor

Comentários

Carregando...