Ex-presidente da CDL Lajeado toma posse como presidente da AGV

O empresário Ricardo Luís Diedrich e os demais membros da nova diretoria da Associação Gaúcha para Desenvolvimento do Varejo (AGV) tomaram posse nesta quarta-feira (7). A cerimônia realizada na Associação Leopoldina Juvenil, em Porto Alegre, foi prestigiada por autoridades políticas e empresariais de todo o Estado. Do Vale do Taquari, dezenas de pessoas prestigiaram o evento, entre as quais uma comitiva de 15 pessoas de Lajeado com lideranças como o prefeito Marcelo Caumo e o atual presidente da CDL Lajeado, Heinz Rockenbach. O novo presidente da AGV reside em Estrela e foi presidente da CDL Lajeado na gestão 2012/2013, além de integrante das diretorias nos anos seguintes.

Diedrich assume no lugar de Vilson Noer, que foi o primeiro presidente da jovem entidade com seis anos de atuação. “Estou aqui representando o interior do Rio Grande do Sul, cumprindo o que consta no nosso estatuto, onde acontece esse salutar e democrático rodízio. É um honroso desafio”, afirmou ele. Em seu discurso, demonstrou otimismo, inquietude e ambição por mudanças. “Passou da hora de nos indignarmos, passou da hora de sair do lado daqueles que reclamam e devemos mais do que nunca partir para a ação, pois é muito fácil dizer que nossos políticos são corruptos se nem ao menos acompanhamos votações importantes, se não cobramos eles pela sua atuação”, salientou, lembrando bandeiras importantes acompanhadas pela AGV, como a luta pelo não aumento do ICMS e o fim do imposto de fronteira.

O dirigente ainda comentou os desafios do varejo, o impacto da tecnologia, seu rápido avanço e compartilhou com os presentes a afirmação de que para ter sucesso basta ter “sorte”. E explicou, baseando-se nas letras que formam a palavra: “S” de seriedade em todas relações; “O” de organização que não pode faltar em qualquer planejamento; “R” de responsabilidade; “T”, de tempestividade, aproveitando as oportunidades, porém avaliando criteriosamente; e “E” de esforço extra.

A AGV tem sede em Porto Alegre e representa 140 entidades associadas e 27 mil empresas.

 

Fonte Simone Rockenbach

você pode gostar também Mais do autor

Comentários

Carregando...