Estudantes e professores assistem palestra sobre agricultura de precisão

Indo ao encontro da proposta de qualificar e enriquecer o aprendizado da Educação Profissional, o Colégio Teutônia promoveu palestra com o tema “Agricultura de precisão” na noite de 4 de março. O evento reuniu estudantes e professores do curso Técnico em Agropecuária no Mini Auditório. O palestrante foi o especialista em Produto e Mercado, Maurício Menezes, da empresa John Deere.

Entre outros dados, o palestrante destacou a evolução nos sistemas de produção, considerando, principalmente, a otimização da mão de obra. “Em 1896, eram necessários 21,7 homens por hectare, enquanto que em 2010 esse número baixou para 0,2 homens por hectare, considerando uma relação de produtividade e tecnologia. Nesse contexto merece destaque a tecnologia associada à biotecnologia, às técnicas de produção e à agricultura de precisão fundamentada com base em ferramentas de gestão”, frisou Menezes, explicando a relação entre coleta de informações, análise, tomada de decisões e a implementação de ações. “O mercado está mudando e há uma crescente necessidade de produzir alimentos e vestuários. Precisamos estar preparados para isso e essa preparação passa obrigatoriamente pela formação”, concluiu.

Inserido na proposta pedagógica da Educação Profissional do CT está a participação de empresas parceiras, contribuindo na difusão de tecnologias. “Partindo desta proposta, a palestra enfocando agricultura de precisão objetivou mostrar e despertar nos estudantes o interesse e a necessidade da aplicação de tecnologias nos sistemas de produção, com resgate de conceitos e prospecção de inovação tecnológica, perpassando pela gestão das propriedades e tendo como base a coleta de informações, análise e tomada de decisão a partir das informações, otimizando a produção e a rentabilidade no agronegócio”, explica a professora e coordenadora da Educação Profissional o educandário, Maria de Fátima Fuzer da Silva.

Para ela, momentos como este são de extrema importância para os estudantes e professores, oportunizando contextualização sobre necessidades, possibilidades e tendências em produtos e serviços na cadeia de produção dos diferentes segmentos do agronegócio.

você pode gostar também Mais do autor

Comentários

Carregando...