Especialista fala sobre a nova visão da segurança

Com a experiência de quem aprimorou a carreira na área de segurança em Israel, país cujo território mantém um permanente e elevado nível de alerta face a possíveis ocorrências de ataques e atentados terroristas, Gustavo Caleffi falou durante reunião-almoço promovida pela Câmara de Comércio Indústria e Serviço de Estrela (Cacis) e patrocinada pelo BRDE, na última sexta-feira, dia 7, sobre a gestão de riscos em negócios, ressaltando a visão preventiva em relação à segurança.

Para ele, a segurança patrimonial enfrenta hoje problemas sérios e, por isso, é preciso quebrar alguns paradigmas. O especialista explica que o índice de crimes e fraudes internas está em crescimento e o importante, segundo ele, é entender a realidade onde se está inserido. “A realidade do Brasil é diversa, pois a segurança é um fator primordialmente local e depende de onde se vive. Aqui não temos catástrofes climáticos, nem problemas políticos, como atentados. Porém, ver um cidadão armado, hoje, não é mais surpresa. Isso é reflexo da criminalidade, um fator local e comum em várias localidades”.

Caleffi salienta como fatores que contribuem para o aumento de criminalidade a falência da segurança pública; o caos do sistema penitenciário; a legislação falha e branda; a falência da família; o livre comércio ilegal; a inversão de valores; a perda de moral e ética e a banalização dos valores. “Isso tudo gera o caos social”, acrescenta. Ele sugere a criação de mecanismos de proteção que irão ajudar na prevenção e redução das perdas, mas salientando que a sensação de segurança é diferente de segurança. “Não basta termos equipamentos sofisticados de segurança, pois são somente ferramentas. É necessário saber usá-las e, especialmente, saber quando usá-las”, finaliza.

você pode gostar também Mais do autor

Comentários

Carregando...