Escritório da Emater/RS-Ascar de Estrela comemora 60 anos e inaugura nova sede

As comemorações alusivas aos 60 anos de atividades do escritório municipal da Emater/RS-Ascar de Estrela foram motivo de dupla celebração durante essa semana. Além de um café da manhã para marcar a data – festejada na última quarta-feira, dia 15 –, oferecido a convidados, lideranças, representantes de entidades parceiras e agricultores, a ocasião também serviu para inaugurar oficialmente a nova sede local. O novo espaço fica na Rua Treze de Maio, número 77, em uma sala mais ampla, de cerca de 80 metros quadrados, em prédio que também abriga a Secretaria de Agricultura.

A percepção é de que uma sala maior possibilitará um atendimento ainda mais qualificado para os agricultores que procurarem o escritório. “E, nesse sentido, agradecemos à prefeitura de Estrela pela parceria e por nos oportunizar essa melhoria”, salientou o gerente regional da Emater/RS-Ascar, Marcelo Brandoli. A propósito das parcerias, para Brandoli, é justamente o trabalho realizado de forma conjunta, com diversas entidades ligadas ao setor, aquilo que garante a excelência dos serviços prestados pela Instituição. “E assim esperamos que continue pelos próximos 60 anos ou mais”, projetou.

O supervisor Álvaro Mallmann fez um pequeno resgate das ações realizadas durante estas seis décadas e que representam um recorte bastante significativo para o desenvolvimento local. “Uma política pública como a de crédito rural via Pronaf, por exemplo, aportou para Estrela no ano que passou um valor de mais de R$ 6 milhões para investimentos em máquinas, equipamentos, implementos agrícolas, além de construção e reforma das propriedades rurais”, salientou. “E isto é algo que, em muitos casos, acaba passando meio despercebido”, completou.

A fala de Mallmann foi corroborada pelo prefeito Carlos Rafael Mallmann. “Em meio à crise em que vivemos, podemos nos orgulhar de dizer que Estrela teve um crescimento de 9% em sua receita, no ano que passou”, observou. Mallmann ressaltou o fato de o setor primário ter sido um dos grandes responsáveis pelos números favoráveis. “Enquanto em outros setores tivemos apenas 5% de incremento econômico, na agricultura esse número chegou próximo dos 13%”, afirmou. “E temos a certeza de que, para a população estrelense isso não representa apenas o ganho financeiro, mas também a ampliação da qualidade de vida das famílias”, enfatizou.

Atualmente, em Estrela, a Emater/RS-Ascar atende a cerca de 800 famílias no meio rural em ações diversificadas em áreas como bovinocultura de leite, piscicultura, segurança alimentar e abastecimento e apoio à organização do meio rural, entre outras. “Em todas as ações merece destaque o trabalho em parceria, que contribui fortemente para o processo de desenvolvimento social, econômico e ambiental, sem deixar de lado a sustentabilidade em nosso município”, garante a extensionista e chefe do escritório municipal da Emater/RS-Ascar de Estrela, Tânia Stein. No município também atuam os empregados, Tiago Conrad, Mauro Tubino e Cácia Guntzel.

Saiba mais

Em Estrela, a instalação oficial dos serviços de Assistência Técnica e Extensão Rural (Ater) se deu em 15 de março de 1956, quando este município ainda detinha as áreas de Teutônia, Imigrante e Colinas, hoje emancipados. Desde o início, a equipe municipal teve como desafio levar ao meio rural a preocupação com o aumento da produção e da produtividade, com vistas a ampliar a renda, a melhorar a qualidade de vida da população e a garantir a sucessão familiar. Muitos profissionais, entre agrônomos, veterinários, técnicos agrícolas e agentes de economia doméstica e bem estar social passaram pelo escritório.

você pode gostar também Mais do autor

Comentários

Carregando...