Ervateira de Arvorezinha recebe Certificado de Qualidade da Emater

A Câmara de Vereadores de Arvorezinha esteve praticamente lotada, na noite da última quinta-feira, dia 5, para a entrega do Certificado de Qualidade para o Processo de Produção da Erva-Mate, para a ervateira Natumate Industrial do Mate LTDA. A distinção foi entregue aos sócios-proprietários pelo coordenador do Núcleo de Certificação de Produtos da Emater/RS-Ascar Deniandro Rocha. A certificação, válida pelo período de três anos – desde que mantidas as condições originais de certificação -, engloba os produtos da Natumate Nativa sem Açúcar, Tradicional com Açúcar e Composto de Erva-Mate.

A auditoria foi realizada com base no Manual para Certificação da Qualidade do Processo de Produção da Erva-Mate que define os requisitos que devem ser atendidos, de acordo com as etapas referentes ao processo produtivo. O Manual abrange, entre outras, práticas agrícolas, acompanhamento técnico, atividade de transporte, industrialização, gestão ambiental e da qualidade, além de itens relacionados à segurança dos trabalhadores. Por meio de análises físico-químicas e microbiológicas, também foram verificadas as condições higiênico-sanitárias das marcas certificadas.

A conformidade dos critérios de atendimento descritos no Manual são pré-requisitos para a obtenção do Certificado e do direito de estampar o Selo de Qualidade da Emater/RS-Ascar nas embalagens dos produtos, bem como nos materiais promocionais da marca. Além de garantir a rastreabilidade nas diversas fases da produção, diferenciar e valorizar o produto, o Certificado também é uma das estratégias para conquistar novos mercados. “Para ganhar competitividade é fundamental um produto que possua certificado de qualidade, o que permite disponibilizar marcas de erva-mate com alto padrão de qualidade”, afirma Rocha.

Para o sócio proprietário Adriano Assis Fassina, esta é uma importante conquista para uma empresa com apenas quatro anos de vida. “É uma forma que temos de mostrar aos nossos consumidores, que estamos buscando o aperfeiçoamento de forma permanente”, salientou. Fassina aproveitou o momento para agradecer a todos os envolvidos no processo, desde os funcionários e produtores, até representantes e vendedores. “Esse selo é fruto da persistência, da força de vontade e do trabalho de todos nós que, hoje, nos orgulhamos daquilo que conquistamos e que fazemos, diariamente, com muito amor”, analisou.

O sócio-proprietário Delvino Ferreira Barbizan, assim como Fassina, valorizou, além dos funcionários, dos produtores e dos representantes, a família que sempre esteve unida nas tristezas e nas alegrias. Ambos agradeceram o cunhado Jair Sabadin, da ervateira Sabadin – também certificada pela Emater/RS-Ascar – pelo apoio dado desde a constituição da empresa até os dias de hoje. “O Jair é um amigo, um irmão, um companheiro que tanto nos incentivou para que pudéssemos estar aqui nesse momento, sendo que, para nós, ele é referência de trabalho, de esforço e de dedicação e mora nos nossos corações”, enfatizou.

A Certificação da Qualidade do Processo de Produção da Erva-Mate realizada pela Emater/RS é voluntária, pioneira no País e foi criada com o objetivo de qualificar um dos produtos símbolo do Rio Grande do Sul. Ao adquirir uma erva-mate com o Selo de Qualidade o consumidor tem a garantia de que o processo de produção, desde a lavoura até o posto de venda, observou rígidas regras sanitárias, de higiene e de sustentabilidade ambiental. Mais informações podem ser obtidas na Gerência de Classificação e Certificação da Emater/RS-Ascar pelo fone (51) 2125-4274 ou pelo e-mail certificação@emater.tche.br.

você pode gostar também Mais do autor

Comentários

Carregando...