Entrega de correspondências pauta reunião entre CIC Teutônia e Correios

A CIC Teutônia, por meio da diretoria de Serviços, promoveu, no dia 17 de junho, reunião com a agência dos Correios de Teutônia. Em pauta, a melhoria na entrega de correspondências no município. Além dos diretores da CIC, participaram do encontro o representante dos Correios de Teutônia, Marléo J. Haas, o secretário municipal de Planejamento, Fabiano Eckel, e a representante da Câmara de Vereadores, Mareli Lerner Vogel.

A secretária executiva da CIC, Carina Schulte Bolfe, apresentou demandas dos associados da entidade empresarial, focadas essencialmente na entrega das correspondências.

A vereadora Mareli falou de recente audiência da Municipalidade com os Correios em Porto Alegre, que entre outros assuntos tratou de ruas descobertas pelo serviço de entrega de correspondências. Segundo a parlamentar, naquela oportunidade foi destacado que os Correios encontram problemas com a geografia teutoniense e a infraestrutura da atual sede no município. “São instalações pequenas, considerando o volume diário de correspondências. Na reunião ainda foi sinalizada a possibilidade de aumento do número de funcionários, passando de sete para dez carteiros, e da mudança de sede, assim como a ampliação nas entregas, como está ocorrendo no Bairro Alesgut”, disse.

Haas apresentou dados de levantamento técnico realizado pela equipe dos Correios em Teutônia. “A partir disso pudemos comprovar a defasagem no número de carteiros, cujo ideal são dez profissionais. A demanda cresceu muito nos últimos anos, prova disso é que 40% dos produtos eletrônicos no país são entregues pelas agências dos Correios, além de que tivemos acréscimo de mais de 400% de produtos estrangeiros. Também contamos com uma média de mais de cem cartas diárias que retornam por devolução, visto que muitas residências e pontos comerciais não possuem identificação de número, além da falta de atualização de nomes de ruas e endereços. Também percebemos ausência de caixas de correspondências e dificuldades para os carteiros, que precisam entrar no pátio das casas e encontram cachorros soltos”, afirmou.

O secretário de Planejamento adiantou que a Municipalidade está buscando a organização da numeração, emitindo novas certidões, gratuitas, para alteração e ordenação dos números. “Em apenas uma rua, foram cerca de 50 residências com numeração alterada. Além disso, serão instaladas 60 novas placas de ruas que foram alteradas”, adiantou Eckel.

Ações pontuais

Como possibilidade de melhoria para a atual situação, o grupo que participou da reunião sugeriu ações pontuais, como campanhas nas escolas e com a comunidade para conscientização quanto à colocação de caixa coletora de correspondência, com os próprios alunos confeccionando a caixa com PVC e outros materiais. Também foram sugeridas ações de marketing, com a confecção de fôlderes e divulgação na imprensa, com foco principalmente na instalação de numeração visível nas residências e pontos comerciais, instalação de caixa coletora, utilização do serviço de caixa postal e atualização de endereços.

você pode gostar também Mais do autor

Comentários

Carregando...