Entidades contábeis se reúnem com Administração de Lajeado

Uma comitiva formada por representantes das entidades contábeis reuniu-se nesta segunda-feira, dia 11, na sede da Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Inovação (Sedei) de Lajeado. O grupo foi recebido pela secretária da pasta, Ivanete Fracaro; assessora de Relações Empresariais e Inovação, Cristiane dos Reis; e secretário da Fazenda, José Carlos Bullé.

Em pauta, problemas e dificuldades dos contadores em relação aos serviços públicos, entre os quais da Junta Comercial e referentes à baixa das empresas, termo usado para o encerramento das atividades. O vice-presidente do Sincovat, Rui Mallmann, destaca que os principais objetivos são diminuir a burocracia e agilizar os serviços. “Os empreendedores, empresários, enfim, todos os clientes nos cobram dinamismo na execução das tarefas. Nem sempre eles entendem a demora para o cumprimento de todas as etapas que envolvem a abertura de uma empresa”, exemplifica.

O grupo sugere o aumento de pessoal da Junta Comercial, para dar conta do volume de processos diários, e reitera a importância de um relatório, o qual já foi solicitado há cerca de um ano, com as principais falhas de documentação, para repassar para os escritórios contábeis. Outra reivindicação é quanto às novas exigências de documentos para o procedimento de baixa de empresas.

Ao invés de simplificar o processo, a prefeitura cobra distrato social, livro diário e razão, rescisão do contrato de aluguel ou declaração da locadora de que o imóvel não está mais alugado, alvará de localização, notas fiscais de serviço, entre outros papeis. O secretário Bullé informou que vai avaliar o assunto e dar um retorno para os dirigentes da classe. Ele também citou melhorias que estão sendo feitas e mostrou-se receptivo a sugestões do grupo.

Da mesma forma, a secretária da Sedei demonstrou compreensão em relação às demandas e afirmou que várias mudanças que estão em fase de projeto vão ao encontro do que a classe busca. Ivanete explanou sobre a Central do Empreendedor, que em breve será colocada em funcionamento. Segundo a assessora Cristiane, o espaço prevê um processo único e centralizado para a abertura de empresas, melhoria da comunicação com as secretarias integradas, agilização do trabalho e unificação das fiscalizações.

O grupo de contadores do encontro foi formado por representantes do Sindicato dos Contadores e Técnicos em Contabilidade do Vale do Taquari (Sincovat), Rui Mallmann; da Federação dos Contabilistas do RS, Glicério Bergesch; da Associação das Empresas de Serviços Contábeis do Vale do Taquari (Aescon), Jandir Dickel; e do CRC-RS, Dani Petry; e da Associação Comercial e Industrial de Lajeado (Acil), Dalva da Silva Pohren.

você pode gostar também Mais do autor

Comentários

Carregando...