Encontro trata sobre possível instalação de incubatório

Estiveram reunidos na quarta-feira, dia 9, na sede da Dália Alimentos, em Encantado, a gerente da Divisão Administrativo-Financeira, Rene Luiza Gianisella; o supervisor Industrial, Pedro Raul Mallmann; o assessor jurídico, Reinaldo Cornelli; a prefeita de Mato Leitão, Carmen Goerck; a secretária de Finanças, Pierrette Teresinha Griesang Schmitd; e o assessor jurídico, Marcelo Caumo.

O motivo da visita foi a continuação das tratativas sobre a instalação de um incubatório para pintos de corte no município. O primeiro encontro ocorreu no início do mês de agosto, em Mato Leitão. O empreendimento fará parte do Complexo Avícola que a Dália Alimentos projeta edificar e que se encontra na fase de projetos e licenciamentos ambientais. Além do incubatório, o complexo contará com um abatedouro, uma fábrica de rações e uma fábrica de farinhas de origem animal.

Quanto ao incubatório, Mallmann salienta que a efetivação no município de Mato Leitão dependerá de licença prévia de órgãos ambientais e sanitários. Estima-se que, na primeira fase de implantação, sejam incubados, semanalmente, 265 mil pintos.

Já a estimativa de abate no frigorífico, que também aguarda parecer dos órgãos ambientais e sanitários para definição do local e município, é de 1,1 milhão de frangos por mês em sua primeira fase.

você pode gostar também Mais do autor

Comentários

Carregando...