Emater/RS-Ascar realiza reunião sobre Chamada Pública do Leite

Técnicos e extensionistas de 41 municípios da Emater/RS-Ascar dos vales do Taquari e Caí e da Serra estiveram reunidos na última terça-feira, dia 13, no auditório da prefeitura de Fazenda Vilanova, para encontro sobre a execução da Chamada Pública SAF/ATER nº 07/2013, Lote 19, que visa a promoção da agricultura familiar sustentável na cadeia produtiva do leite. O evento contou com a participação do coordenador estadual das chamadas públicas Ricardo Schwarz e o assistente técnico estadual (ATE) em Manejo de Recursos Naturais da Emater/RS-Ascar, Edemar Valdir Streck.

Na ocasião, os empregados da Emater/RS-Ascar puderam conhecer um pouco mais sobre as ferramentas online para execução da Chamada Pública. O serviço de assistência técnica e extensão rural será prestado por meio de convênio com o Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA). Nas três regiões serão atendidas 500 famílias de 41 municípios, sendo 25 do Vale do Taquari, 14 do Vale do Caí e dois da Serra.

O objetivo das ações – que ocorrerão dentro de um período de três anos – será o de fomentar a atividade leiteira, concentrando o trabalho nas propriedades onde a produção é menor, com foco na sustentabilidade econômica, social e ambiental. Desde o início do ano as reuniões para mobilização das famílias já têm sido realizadas na região, com a participação dos conselhos agropecuários locais. “O próximo passo deverá ser o da seleção das famílias, para que tenham início os diagnósticos que embasarão a execução do trabalho”, ressalta Schwarz.

Os eixos estratégicos a serem abordados durante a Chamada Pública envolverão a organização da produção, a gestão da atividade, a produtividade, a qualidade do produto e a comercialização. Para o assistente técnico regional na área de Bovinocultura de Leite da Emater/RS-Ascar, Martin Schmachtenberg, espera-se com esse trabalho que a produtividade e a renda dos agricultores seja ampliada, com a promoção da continuidade dos jovens no meio rural. “Além disso, espera-se a melhoria no manejo produtivo dos rebanhos e na qualidade do leite, além da ampliação de conhecimentos gerais sobre a área”, observa Schmachtenberg.

você pode gostar também Mais do autor

Comentários

Carregando...