Emater lança guia de boas práticas para a erva-mate durante Congresso

A Emater/RS-Ascar lançou na quinta-feira, dia 14, a publicação, “Erva-mate: guia para aplicação das boas práticas agrícolas”. A ação ocorreu dentro da programação do Congresso Estadual de Sustentabilidade da Cadeia Produtiva da Erva-Mate, parte da 6ª Turismate – A Festa da Erva-mate, encerrada no último domingo, dia 17, no Parque do Ibama, em Ilópolis. O guia foi elaborado por técnicos da Emater/RS-Ascar, em parceria com o Instituto Brasileiro da Erva-Mate (Ibramate) e ervateira Ximango, com o objetivo de colaborar para a qualificação do produto que simboliza o Rio Grande do Sul.

De acordo com o engenheiro agrônomo da Emater/RS-Ascar, Cézar Borille, até então não havia um guia que orientasse os técnicos e produtores sobre todos os procedimentos recomendados para o cultivo de erva-mate e que levasse em consideração não apenas o interesse do consumidor, mas também dos órgãos interessados na preservação da saúde pública. Borille enfatiza a existência, no mercado, de outras publicações que levam mais em conta os aspectos técnicos. “Por meio deste guia, serão consideradas todas as fases da cadeia produtiva” ressalta.

Alguns dos temas abordados pela publicação envolvem o preparo de sementes, a produção de mudas, as operações pré-plantio, o plantio, o manejo do erval, a colheita, o controle de pragas e doenças da erva-mate, chegando até os cuidados no transporte e no armazenamento. O gerente de Qualidade da Certificação da Emater/RS-Ascar, Deniandro Rocha, salienta que o guia estará disponível, em um primeiro momento para secretarias de Agricultura, técnicos e para a indústria ervateira. “Para os produtores, serão entregues fôlderes com o resumo prático das atividades, com dicas gerais de plantio e manejo”, afirmou.

Sobre o Congresso

Durante o Congresso foram diversas palestras e paineis com diversos assuntos relacionados à cadeia produtiva da erva-mate. No sábado, dia 16, foi realizada tarde de campo, na localidade de São Valentin, com o tema “Estações de conhecimento técnico sobre erva-mate”. Na ocasião foram trabalhadas seis estações com os temas, matrizeiras e produção de mudas; manejo, podas e sombreamento dos ervais; controle de pragas e doenças; cobertura do solo e adubação e produtividade x rentabilidade.

O Congresso foi promovido pela prefeitura de Ilópolis; Secretaria de Agricultura, Pecuária e Agronegócio; Emater/RS-Ascar; Associação Amigos da Erva-Mate (AA Erva-Mate); Sindicato da Indústria do Mate do RS (Sindimate/RS) e Instituto Brasileiro da Erva-Mate (Ibramate). O apoio é da câmara de vereadores de Ilópolis, Câmara Setorial da Erva-Mate, Embrapa Florestas, Fundo de Desenvolvimento e Inovação da Cadeia Produtiva da Erva-Mate (Fundomate), Federação dos Trabalhadores na Agricultura (Fetag/RS), Fundação Estadual de Pesquisa Agropecuária (Fepagro) e Banco Regional de Desenvolvimento (BRDE).

você pode gostar também Mais do autor

Comentários

Carregando...