Documentário O Veneno Está na Mesa II é lançado no Vale do Taquari

Como forma de celebrar a Semana Brasileira do Alimento Orgânico – que ocorre entre os dias 26 e 31 de maio – A Articulação de Agroecologia do Vale do Taquari (AAVT) lançou, na última terça-feira, dia 27, o documentário O Veneno Está na Mesa II. A atividade, em caráter regional, foi realizada no campus da Universidade Estadual do Rio Grande do Sul (Uergs), de Encantado. Na ocasião estiveram reunidos técnicos e extensionistas da Emater/RS-Ascar, secretários de Agricultura, Cultura, Meio-Ambiente, Saúde e Educação, integrantes de associações e cooperativas de produtores, nutricionistas e agricultores familiares.

A obra do diretor Sílvio Tendler dá sequência ao primeiro filme, lançado há pouco mais de um ano, que apresentava uma série de escândalos relacionados ao uso de agrotóxicos e venenos agrícolas no Brasil. A diferença para esta sequência, de acordo com o assistente técnico regional em Agroecologia da Emater/RS-Ascar, Marcos Schäfer, é que, no segundo episódio, são apresentados, além dos fatos surpreendentes a respeito da aplicação desse tipo de produtos na agricultura, uma série de alternativas para o homem do campo. “O que é muito bom, já que é importante apontar as possíveis soluções para o problema”, avalia.

Para Schäfer, o objetivo da ação é fazer com que o vídeo chegue a mais pessoas, para que haja uma reflexão a respeito daquilo que a população consome e para que se saiba sobre os malefícios provocados pelo uso de venenos. “A intenção é conscientizar o público para a importância do consumo de alimentos saudáveis”, explica. O engenheiro agrônomo da Emater/RS-Ascar, André Michel Müller, lembra o empenho da Fundação Estadual de Proteção Ambiental (Fepam), que trabalha para proibir a pulverização aérea para o uso de agrotóxicos. “Se a tramitação der certo, podemos ser o primeiro Estado do país a proibir essa prática”, diz.

você pode gostar também Mais do autor

Comentários

Carregando...