Diretora da Venax encanta participantes

Mais de 50 pessoas ouviram o case de sucesso da empresa

Encontro Empresarial Acil-Sebrae
Lajeado – “Não fazemos só eletrodomésticos, fazemos produtos diversificados. Dá mais trabalho, mas o resultado vale a pena” afirma Fabiana Bergamaschi, diretora-executiva da Venax Eletrodomésticos, de Venâncio Aires. Com esta e outras afirmações, a empresária contou o belo case da empresa que é única no ramo no Rio Grande do Sul. Atua há 31 anos no mercado brasileiro e exporta seus produtos para 43 países.
A exposição, intitulada “Case Venax: criatividade e gestão na busca de resultados”, encantou os cerca de 50 empresários e executivos que participaram nesta quinta-feira (18.08) da primeira edição deste ano do evento “Encontros Empresariais” promovido pela Associação Comercial e Industrial de Lajeado (Acil) e o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) Vales do Taquari e Rio Pardo.
A empresa
No início dos anos 1970, sob a denominação de Metalúrgica Venax, a produção era dedicada apenas a fogões à lenha e a gás. Em 1982, a Metalúrgica Venax, abatida por dificuldades financeiras, entrou em liquidação judicial e teve sua estrutura posta a leilão. Incentivado pela população local e acreditando no potencial da empresa, o empresário Walter Bergamaschi, pai de Fabiana, a arrematou. Na gestão da família Bergamaschi, a empresa teve sua fundação em 1° de maio de 1985, data em que começava uma nova fase da marca Venax.
“O negócio naquele momento tinha que dar certou ou dar certo. Eu era mais nova, mas entendia os muitos desafios que meu pai enfrentava” conta a palestrante. Na faculdade de Arquitetura e Urbanismo, Fabiana estava decidida a não trabalhar com a família. Enquanto planejava sua vida e frequentava a empresa ao lado do pai, decidiu alterar a logomarca, catálogos e outros documentos da Venax.
A nova identidade visual foi lançada em 2003. Desenvolvido com base em tendências de design e estudos de mercado, o logo modernizado ganhou melhor aplicabilidade.  No mesmo ano, a Venax concluiu importante reposicionamento de sua imagem, abandonando a denominação de metalúrgica e transformando-se na Venax Eletrodomésticos.
Mergulhada nos assuntos da empresa, Fabiana percebeu que pertencia a Venax e que era isso que desejava para o futuro. Continuou seus estudos e utilizou sua formação para desenhar os eletrodomésticos. “Quando entrei na produção e percebi tudo o que eu podia fazer, vi a empresa como um parque de diversões” revela.
Gestão de Qualidade
Nos anos 90, a Venax implementou programas internos em prol de sua gestão de qualidade. Em 2007, a companhia passou a seguir a metodologia do Programa Gaúcho de Qualidade e Produtividade (PGQP). Em 2010, a empresa recebeu o Troféu Bronze no Prêmio Qualidade RS. Um ano depois, ganhou o Troféu Prata. Em 2012, o Inmetro certificou a Venax com a Portaria 371 – a normativa técnica que atesta a segurança dos produtos de refrigeração.  E em 2013 recebeu o selo ISO 9001: 2008, que avalizou a Gestão de Qualidade da corporação.
“O PGQP abrange todos os fluxos da empresa e eu precisava entender tudo isso na minha. O PGQP fez um laço sistêmico de tudo. E isso foi muito importante para conhecer e seguirmos novos passos na Venax”, explica Fabiana.
Marca consolidada
Consolidada no mercado, a Venax hoje é reconhecida no mercado nacional e internacional pela sua autenticidade, qualidade e inovação. Tem a missão de ser autêntica e surpreendente em todos os ambientes, superando as expectativas, melhorando e facilitando a vida das pessoas, buscando a evolução dos processos e melhoria contínua do sistema de gestão da qualidade.
Encerrando sua participação, Fabiana leu uma carta feita a mão pelo pai, em 3 de agosto de 2000, que dizia que naquele dia ele completava exatos 35 anos de trabalho ininterrupto, e que por direito, o ciclo profissional se encerrava ali. No entanto, parecia que estava no primeiro dia de trabalho.
“Que todos os dias de trabalho de vocês sejam como o primeiro. Quebrem paradigmas e criem coisas diferentes. Não desistam!”, aconselhou emocionada.

Fonte Priscila Rodrigues- Assessoria de Imprensa ACIL

você pode gostar também Mais do autor

Comentários

Carregando...