Dia da Alimentação em Imigrante destaca produção de aipim

O Dia Mundial da Alimentação, celebrado na última quarta-feira, dia 16, contou com evento, em Imigrante, sobre a produção de aipim. Na ocasião, cerca de cem pessoas integrantes dos clubes de mães e de grupos do lar e de idosos do município reuniram-se no Galpão do Lumi, para acompanhar palestra sobre o tema, com a engenheira agrônoma da Emater/RS-Ascar, Carmen Fransozi. Durante o encontro houve troca de ramas de aipim, com a participação de produtores dos municípios de Cruzeiro do Sul e Vera Cruz, degustação de receitas à base do produto e demonstração sobre a elaboração de polvilho, com a agricultora Arsi Decker. A promoção foi da Emater/RS-Ascar, em parceria com a prefeitura, Sindicato dos Trabalhadores Rurais (STR) e grupos de mulheres.

Ao falar sobre a importância do aipim, a extensionista social da Emater/RS-Ascar, Nair Kunzler Massotti, explicou que o alimento é produzido de forma agroecológica, em praticamente todas as propriedades rurais do município, fazendo parte da história local. Não à toa, o objetivo, segundo a extensionista, é elaborar, em breve, um livro com mais de 70 receitas de pães, bolos, biscoitos e até brigadeiros e sucos, que utilizam o produto. “Como prévia, todos os participantes receberam, durante o encontro, um fôlder com 10 receitas práticas que utilizam o aipim”, disse. Presente no evento, o prefeito Celso Kaplan valorizou a iniciativa, especialmente pela proposta de valorizar a alimentação livre de agrotóxicos.

Em sua demonstração, dona Arsi, que produz polvilho há quase 50 anos, lamentou o fato de que muitos produtores abandonaram a prática, especialmente pela facilidade de se encontrar o produto pronto, em qualquer mercado. A intenção, segundo a agricultora, é tentar resgatar a prática, levando-a novamente à casa das pessoas, já que, de acordo com ela, o polvilho azedo caseiro é muito mais saboroso e tem muito mais durabilidade daquele encontrado nos mercados. “Fora o fato de ser uma alternativa de renda para as pessoas”, enfatizou.

Semana da Alimentação

A Semana da Alimentação do RS iniciou no último dia 14 de outubro e segue até o próximo domingo, dia 20. Por ocasião da data, diversas entidades – entre elas a Emater/RS-Ascar – realizam atividades com o tema “Sistemas alimentares sustentáveis para a Segurança Alimentar e Nutricional”, definido pela FAO. As ações irão mobilizar a comunidade gaúcha para a análise das mais diversas questões sobre segurança alimentar e nutricional.

A Semana é coordenada por um conjunto de entidades promotoras e recebe a adesão de diversas organizações da sociedade civil e do governo, localizadas na Capital e nos municípios do RS. Por meio dessa parceria, a Semana da Alimentação RS constitui-se de um amplo conjunto de iniciativas que, ao abrigo da temática estabelecida anualmente pela FAO, propicia informações, formação, manifestações, estudos, debates e encaminhamentos a respeito da Segurança Alimentar e Nutricional e seus fundamentos principais, que são o Direito Humano à Alimentação Adequada e a Soberania Alimentar.

você pode gostar também Mais do autor

Comentários

Carregando...