Decisão do Copom é acertada, avalia FIERGS

Entidade alerta que a agenda de reformas no País deve prosseguir

Porto Alegre, 12 de abril de 2017 – Para a Federação das Indústrias do Rio Grande do Sul (FIERGS), a decisão do Copom de cortar um ponto percentual (para 11,25%) e acelerar o ritmo de queda da Selic é acertada, uma vez que alguns fatores, com o a redução do IPCA, que registrou o menor valor para o mês de março (0,23%) desde 2012, permanecem viabilizando o corte dos juros sem o aumento das pressões inflacionárias. “Se esse processo continuar de maneira sustentada, a agenda de reformas deverá prosseguir. A terceirização já foi um passo importante para modernizar a relação entre capital e trabalho, enquanto aguardamos que a Reforma Trabalhista também seja aprovada”, afirma o presidente da FIERGS, Heitor José Müller.
De acordo com Müller, porém, a Reforma da Previdência é essencial no sentido de dar sustentabilidade ao sistema e impedir que a trajetória de gastos públicos assuma caráter explosivo. “Além de garantir o pagamento dos benefícios para futuros aposentados, permite também que os juros básicos da economia sejam menores pela redução das pressões de demanda. Esperamos, portanto, que o Congresso Nacional cumpra com o seu dever”, alerta.

Fonte Unicom

você pode gostar também Mais do autor

Comentários

Carregando...