Dália inicia obras em condomínio de leite com robôs em Roca Sales

Mais uma obra do Projeto Associativo de Produção Leiteira – Condomínios Leiteiros da Dália Alimentos – teve início na última semana. Roca Sales foi o segundo município a dar início aos trabalhos de terraplenagem do empreendimento que contará com a ordenha robotizada de 262 vacas. O primeiro foi Nova Bréscia, no mês de agosto, cuja obra encontra-se em andamento na localidade de Linha Tigrinho Baixo.

O Condomínio Florença, como foi batizado pelos associados, está localizado na comunidade de Linhão Barão do Triunfo, distante dois quilômetros da sede do município, e conta com área de 7,2 hectares. Participarão 16 famílias e a previsão é de que o empreendimento com ordenha roborizada esteja concluído e operando em junho de 2015.

Durante o início dos trabalhos, o presidente do Conselho de Administração da Dália Alimentos, Gilberto Antônio Piccinini; o prefeito de Roca Sales, Nélio José Vuaden; e o secretário municipal de Obras, Evaristo Bronca; estiveram visitando o local.

Piccinini destacou o projeto pioneiro da Dália Alimentos, que comtemplará os municípios de Nova Bréscia, Roca Sales, Arroio do Meio e Candelária com robôs fabricados pela empresa DeLaval, da Suécia, na realização da ordenha. “Roca Sales começa a erguer mais um projeto inovador da Dália Alimentos, que visa associar produtores em um empreendimento com alto padrão tecnológico, cujo modelo associativo é o único da América Latina.”

O vice-presidente da Dália e presidente do Condomínio Florença, Pasqual Bertoldi, disse que os associados aguardam com ansiedade e entusiasmo as obras do novo projeto. “Mais uma vez a Dália Alimentos é protagonista de uma iniciativa pioneira, que também visa a sucessão das famílias rurais, tendo em vista que 30 jovens integram o projeto.”

Incremento de 30%

O prefeito Nélio José Vuaden citou a importância da cooperativa Dália Alimentos para o município e para a região e disse que a obra será um incremento para a produção de leite em Roca Sales. “Estima-se que teremos um acréscimo de 30% na produção de leite e um aumento de 7% no rebanho após a instalação e o funcionamento do condomínio.”

Vuaden considera o projeto associativo precursor e que proporcionará uma maior produtividade em uma área menor. “Será um impulso para o nosso setor primário, o qual é responsável por mais de 40% do retorno do ICMS.”

você pode gostar também Mais do autor

Comentários

Carregando...