Dália dá início à nova turma do Projeto Sucessão Familiar

A Dália Alimentos prepara o jovem rural para gerenciar a propriedade agrícola e, para isso, oferece o Projeto Sucessão Familiar. No sábado, dia 4, uma nova turma composta por 25 jovens de diversos municípios da região deu início aos encontros. A aula inaugural foi realizada no Centro de Cultura Ouro Branco, no Parque Dália, em Encantado, e apresentou uma prévia do conteúdo programático dos encontros que se estenderão até 2018

O presidente do Conselho de Administração, Gilberto Antônio Piccinini, deu as boas-vindas aos participantes e enfatizou que a Dália preocupa-se com o jovem sucessor e cria alternativas para mantê-lo em constante aprendizado, conectado com o mundo e com as tecnologias, oferecendo ferramentas de gestão. Piccinini também fez uma explanação sobre o cooperativismo e a inserção do programa nas políticas de gestão da cooperativa, além de falar sobre o organograma da empresa. “Enxergamos um grupo de jovens focado, que busca pelo conhecimento, pela informação e que vê possibilidades de crescer através da participação em cursos como este que a cooperativa oferece de forma gratuita a todos os produtores e produtoras interessados.”

O professor e consultor em Pesquisas e Gestão Empresarial, Lucildo Ahlert, apresentou os objetivos e conteúdos a serem abordados no decorrer dos 21 meses do programa, a sistemática dos encontros, os trabalhos práticos desenvolvidos na propriedade e as ferramentas a serem utilizadas. Segundo ele, todas as atividades têm como foco a aplicabilidade na gestão da propriedade e, como método, a aprendizagem mental e prática.

Na avaliação do docente, os participantes da Turma 4 demostraram interesse e apresentaram um grande potencial, o que o deixou motivado para mais um desafio. “O nível desta turma é bem elevado, sendo que vários têm formação técnica em agropecuária e outros são estudantes de cursos superiores. Alguns também já têm uma larga experiência nas suas propriedades. Além disso, as atividades desenvolvidas nestas propriedades abrangem as diversas áreas, e, na suinocultura as três etapas de produção, UPL, creche e terminação estão presentes.”

O próximo encontro do Projeto Sucessão Familiar ocorrerá no dia 2 de julho e terá visitação a uma propriedade que desenvolve a gestão compartilhada entre pais e filhos e que tem encaminhada a sucessão. Já no dia 16 de julho ocorrerá o terceiro encontro, este na sede, em que será desenvolvido o assunto “Empreendimentos Rurais e a Gestão rural.”

Boas expectativas

Delegado da Dália Alimentos e produtor de leite no município de Capitão, o associado Eduardo Ames (35) elogiou a iniciativa da cooperativa e disse que busca por informações que ajudem a melhor gerenciar a propriedade. “Estamos aqui para aprender sobre gestão, melhorar o nosso trabalho e compartilhar conhecimento e informação com os demais colegas. Cooperar é isso: receber o conhecimento para depois aplicá-lo.”

Juntos em sala de aula

Wanderson Ricardo Marcon (28) é associado no município de Vespasiano Corrêa. Produtor de leite, possui cerca de 20 vacas e uma produção de 350 litros de leite por dia. A namorada Vanessa Pellin (26) mora em Guaporé, onde trabalha numa fábrica de joias. O casal, que está junto há oito anos, inscreveu-se para participar do Projeto Sucessão Familiar e junto quer buscar conhecimento para gerenciar a propriedade no interior de Vespasiano Corrêa. “Estamos ansiosos, com interesse nas planilhas, para bem gerenciar as atividades.”

Jovens participantes

Alini Costa, Diego Ismael Lansing e Everton Gerhardt, de Arroio do Meio; Artur Stein Fiegenbaum, de Fazenda Vilanova; Maicon Michelon, Pedro José Salvagni Michelon e Wanderson Ricardo Marcon, de Vespasiano Corrêa; Edinan Pasquali, de União da Serra; Vanessa Pellin, de Guaporé; Luís Carlos Bagatini, de Coqueiro Baixo; Murilo Slaviero Berté, Darlei Soligo e Rafael Parisotto, de Anta Gorda; Daniel Dalla Vecchia, de Nova Bréscia; Eduardo Ames, de Capitão; Graciella Formentini e Geremias Vitor Werner, de Roca Sales; Lívia Conzatti Piccinini e Letícia Conzatti Piccinini, de Encantado; Stefani Fuziger e Gledson Secco , de Putinga; Graziele Francine Pasqualotto, de Serafina Corrêa; e Gabriela Degasperi, de Marques de Souza; Wesley Martini, de Relvado e Weslei José Braun de Roca Sales.

você pode gostar também Mais do autor

Comentários

Carregando...