Dália Alimentos reúne delegados para Assembleia Geral Ordinária

A Dália Alimentos realiza, nesta sexta-feira, dia 14, a Assembleia Geral Ordinária (AGO). O evento ocorre no Clube Comercial de Encantado, com início às 10h. Deverão participar os 148 delegados da cooperativa distribuídos nos 149 municípios em que a cooperativa está presente no Estado.

Na ordem do dia consta leitura, discussão e julgamento das contas da administração relativas ao exercício de 2013, com apresentação do relatório da gestão e demonstrativos contábeis. Também consta a destinação das sobras relativas ao exercício social de 2013, eleição e posse da Comissão Eleitoral para o exercício de 2014/17 e do Conselho Fiscal para o exercício de 2014.

Será levado à AGO o equivalente a R$ 14 milhões, resultado das sobras no exercício de 2013. Deste montante, conforme proposta do Conselho de Administração, 50% do valor será distribuído em dinheiro na conta corrente e os outros 50% capitalizados na conta capital de cada associado. “A cooperativa teve um ano espetacular, foi o melhor ano dos últimos tempos para a Dália”, definiu o presidente Executivo Carlos Alberto de Figueiredo Freitas. Além dele, também estará presente o presidente do Conselho de Administração, Gilberto Antônio Piccinini.

Ainda participam da assembleia o secretário de Agricultura do Estado, Luiz Fernando Mainardi, e o presidente da Organização das Cooperativas do Rio Grande do Sul (Ocergs), Vergílio Perius. Ambos devem se fazer presentes no encontro, a fim de conhecer o sistema de funcionamento da cooperativa e a destinação das sobras, onde os funcionários e associados participam.

Saiba mais

Hoje, a cooperativa possui cerca de quatro mil associados e dois mil funcionários. O frigorífico de suínos, instalado junto à matriz da cooperativa, em Encantado, opera com capacidade de abate de 2,8 mil animais por dia e exporta cortes especiais para 18 países.

No segmento leite, 100% da produção dos associados é resfriada nas próprias propriedades. Depois de processado, o produto chega ao consumidor nas formas de longa vida (integral, semidesnatado e desnatado), leite em pó e creme de leite Dália. As duas fábricas instaladas em Arroio do Meio têm capacidade para processamento de 930 mil litros diários.

No complexo lácteo na localidade de Palmas, interior de Arroio do Meio, encontra-se uma moderna indústria de leite em pó e a fábrica de leite longa vida embalagem Edge. Neste mesmo local, está sendo instalada uma planta para a produção de creme de leite UHT, leite achocolatado e leites especiais. Tais investimentos encontram eco na avaliação da Organização Mundial da Saúde (OMS), que considera o leite longa vida o de melhor qualidade para a saúde pública.

Para este ano está prevista a construção de quatro condomínios leiteiros, com a mais moderna tecnologia disponível, incluindo a ordenha robotizada. Também se encontra em andamento a organização de um projeto para atuação no segmento frango de corte, com previsão de execução em 2015.

você pode gostar também Mais do autor

Comentários

Carregando...