Cultivo de aipim é alternativa para incrementar renda em Fazenda Vilanova

Produtores do município incrementam renda da agricultura familiar por meio do cultivo de aipim. Das mais de 600 propriedades do município, pelo menos metade trata de produzir o produto e fazer uma renda extra. “O preço razoável e baixo custo da produção fazem com que o alimento auxilie no sustento da família”, enfatiza o secretário da Agricultura, Marcos Adriano Lerner. O produto é comercializado em diversos estabelecimentos do município e da região e gera retorno de ICMS ao município. A Secretaria da Agricultura e Meio Ambiente juntamente com a Emater/RS-Ascar incentivam a produção primária nas pequenas propriedades.

De fácil manejo, a cultura facilita o armazenamento e serve tanto para trato animal quanto para consumo humano. É essa dupla função que possibilita o comércio no mercado regional. “Quem utiliza para vender comercializa no primeiro ano e no segundo o mantém na lavoura para tratar os animais. Ele não precisa ser retirado logo para ser replantado, o que facilita muito.”

Além de ser um produto delicioso à mesa, tem várias iguarias, pode ser servido cozido, frito, como bolo ou pão. “Tem até maionese de aipim”, frisa o secretário.

Oito mil quilos

O produtor Neri Paulo da Silva arrenda terras para plantar aipim. Consegue produzir por ano 6 a 8 toneladas que entrega para estabelecimentos da região. “Plantar aipim é uma boa alternativa. Ele possui alto rendimento. Em pouca área de terra eu tenho uma boa renda.”

você pode gostar também Mais do autor

Comentários

Carregando...