Corepe e EGR discutem situação das rodovias pedagiadas em reunião dia 12

O Conselho Comunitário das Regiões Pedagiadas (Corepe) e a Empresa Gaúcha de Rodovias (EGR) se reúnem, no dia 12 de maio, na Câmara de Vereadores do município de Muçum. Em pauta, o trecho 7, que corresponde à ERS-130 e ERS-129 em Encantado, RSC-453 em Boa Vista do Sul e RSC-453 no trecho de Cruzeiro do Sul. A atividade está programada para as 9h30min.

Os representantes se propõem a discutir sobre a atualização das informações dos membros do Corepe Trecho 7 e apresentação do andamento das obras prioritárias de 2014. Conforme a presidente do Conselho de Desenvolvimento do Vale do Taquari (Codevat), Cíntia Agostini, a convocação é feita a todos os conselheiros do Corepe, e estendida a toda a comunidade do Vale.

“Das obras elencadas do nosso trecho, temos duas em Encantado, uma de Boa Vista do Sul e a de Garibaldi, mais Mato Leitão, que seria iniciada. Ou seja, no máximo quatro da EGR, das aproximadamente 17 que estavam na pauta”, cita Cíntia, dizendo que a situação de algumas rodovias é preocupante, em termos de conservação. “Há trechos, principalmente de Venâncio em diante, onde o piso começou a apresentar defeitos logo depois das reformas, e as condições atuais são péssimas.”

Quanto à possibilidade de parceria público-privada, Cíntia teme apenas que os contratos sejam feitos conforme os primeiros, com as concessionárias. “O governo do Estado, por meio do vice-governador, já mostrou que está pensando alternativas. Se houver parcerias, porém, que não sejam feitas naqueles moldes, quando a única obrigação das concessionárias era a manutenção das rodovias, sem previsão de investimentos”, conclui.

você pode gostar também Mais do autor

Comentários

Carregando...