Cooperativa Languiru inaugura nova Sede Administrativa

Sentimento de nostalgia marcou os discursos de inauguração da nova Sede Administrativa da Cooperativa Languiru. Isso pelo fato de que o novo prédio está em área de terra reincorporada ao patrimônio da Languiru, depois de ter sido vendida em 2001. O novo espaço, que anteriormente abrigava a coirmã Sicredi Ouro Branco, no Bairro Languiru, foi adquirido no dia 19 de julho de 2013. Após a transferência da cooperativa de crédito para sede própria, a Languiru deu início às reformas e reestruturação do espaço.

A nova sede passa a abrigar toda a estrutura administrativa até então instalada no Escritório Central, em frente ao Supermercado Languiru, prédio da década de 70. Além da Direção, Contabilidade, Financeiro, Jurídico, Recursos Humanos e Auditoria, também o setor de Tecnologia da Informação está sediado no novo prédio, que possui 1.635 metros quadrados, divididos em quatro pavimentos.

Significado especial nos 60 anos da Languiru

“Além do valor sentimental, este investimento nos permite oferecer melhores condições de trabalho aos nossos colaboradores, bem como de atendimento aos nossos associados. Na nossa política de portas abertas estamos qualificando ainda mais o acesso dos associados aos diferentes setores da cooperativa e à direção da Languiru”, afirmou o presidente Dirceu Bayer em seu discurso.

O vice-presidente Renato Kreimeier também se disse feliz com a nova estrutura. “Nos sentimos de fato emocionados em podermos reaver este patrimônio, uma maneira de resgatar mais este importante trecho da história da Languiru. Com certeza o prédio valoriza o trabalho de nossos colaboradores e é reflexo da dedicação dos nossos associados”, disse, referindo-se ao programa de modernização da cooperativa.

No ano em que a Languiru completa 60 anos de fundação, a inauguração da nova Sede Administrativa é mais um importante marco dos recentes investimentos realizados pela cooperativa. Com o objetivo de torná-la economicamente viável, na última década a Languiru investiu alto na modernização de suas unidades industriais, como a Fábrica de Rações, em Estrela, e o Frigorífico de Aves, em Westfália.

Além disso, implantou novas indústrias, como a Laticínios, em Teutônia, e o Frigorifico de Suínos, em Poço das Antas. Também construiu novo Supermercado no Bairro Languiru e implantou outro em Bom Retiro do Sul, além dos já existentes no Bairro Canabarro e em Poço das Antas.

Ainda implantou as Lojas Agrocenter Languiru no Bairro Languiru, em Cruzeiro do Sul e no Bairro Canabarro. Abriu Postos de Combustíveis no Bairro Languiru e em Westfália. “O planejamento objetivou tornar a cooperativa economicamente viável, com seu parque industrial e as demais unidades modernas. Agora, chegou a vez da Languiru também ter um ambiente novo e condizente com a fase atual da cooperativa para a sua Sede Administrativa”, frisaram, visivelmente emocionados, Bayer e Kreimeier, lembrando que desde o ano de 1975 a Administração da Languiru ocupava o mesmo espaço. “Este novo prédio é resultado do trabalho conjunto e da dedicação de todos os nossos colaboradores e associados, da grande ‘Família Languiru’”, concluiu o presidente.

Valor da união de esforços

Representando a Organização das Cooperativas do Estado do Rio Grande do Sul (Ocergs/RS), o gerente de monitoramento José Máximo Daronco ressaltou a importância da Languiru para o cooperativismo. “A inauguração desta nova Sede Administrativa é a confirmação do bom momento vivido pela Languiru e da sua identificação com a comunidade de Teutônia e do Vale do Taquari. Está no DNA do cooperativismo este trabalho pelo desenvolvimento local das comunidades, e o case da Languiru serve de exemplo, inclusive para delegações internacionais”, frisou.

Falando em nome dos Chefes de Executivo da região, o prefeito de Teutônia, Renato Airton Altmann, enfatizou que é momento de parabenizar e agradecer à Languiru pelo seu trabalho. “Estou muito feliz em poder compartilhar deste momento histórico da Languiru. Certamente o sentimento é o mesmo para os demais municípios que contam com unidades e associados da cooperativa. Para se ter uma ideia da importância da Languiru para a economia de Teutônia e do Vale do Taquari, hoje o faturamento da Languiru é 13 vezes superior ao orçamento do município para 2015. Se Teutônia está em 19º lugar no Brasil em igualdade social, muito disso se deve ao trabalho da Languiru e das demais cooperativas em nosso município, cada um fazendo a sua parte”, concluiu, afirmando que o cooperativismo está enraizado na comunidade.

Encerrados os pronunciamentos, Bayer e Kreimeier, acompanhados de suas esposas, Daronco e Altmann realizaram o descerramento de uma placa e o desenlace da fita inaugural. Na placa, além de nomeados os integrantes do Conselho de Administração e Fiscal, destaque para a frase: “Esta obra, realizada com esforço e dedicação, representa o resgate do patrimônio, da história e da tradição da nossa cooperativa.”

Após as formalidades, associados, conselheiros, líderes de núcleo, colaboradores, autoridades, convidados e comunidade visitaram as novas instalações.

Escritório Central

A estrutura do antigo Escritório Central passa, a partir de agora, por reformas e adequações. O local deverá abrigar o Departamento Técnico e o Setor Comercial da cooperativa, além do Departamento de Comunicação.

O espaço que atualmente ainda é ocupado pelo Departamento Técnico será destinado à loja Agrocenter – Ferragens, Ferramentas, Máquinas e Bazar, que terá sua área consideravelmente ampliada.

 

você pode gostar também Mais do autor

Comentários

Carregando...