Cooperativa Languiru comemora primeiro ano de atividades do Frigorífico de Suínos

Unidade industrial instalada no município de Poço das Antas foi inaugurada no dia 13 de abril de 2012

Poço das Antas – A Cooperativa Languiru comemorou, no último sábado, dia 13, o primeiro ano de atividades do Frigorífico de Suínos, instalado no município de Poço das Antas. Para marcar a data, o setor de Recursos Humanos da cooperativa, com o apoio da equipe de Comunicação e funcionários da indústria, organizou programação diferenciada na sexta-feira, dia 12.

Na oportunidade foi servido almoço especial aos colaboradores do frigorífico, com o refeitório decorado para o evento; apresentado vídeo com o resumo fotográfico lembrando o início das obras de construção e o primeiro ano de operações da indústria; painéis com recortes de jornais divulgando as ações do frigorífico; e finalizando com pronunciamento do presidente Dirceu Bayer e do vice-presidente Renato Kreimeier.

A gerente de Recursos Humanos, Tânia Maria Schardong, falou da importância da data para a cooperativa. “É muito bom podermos estar aqui para comemorar o primeiro aniversário do novo Frigorífico de Suínos da Languiru, a realização de um sonho antigo dos nossos associados. Com este evento gostaríamos de homenagear a todos os funcionários, que dão a sua importante contribuição para as atividades desta unidade industrial”, disse.

“Uma nova Languiru”

Ao fazer uso da palavra, o presidente Dirceu Bayer falou do momento vivido pela Cooperativa Languiru. “Ao assumirmos a direção, assumimos com o compromisso de consolidar a Languiru. Com a superação de inúmeros desafios, hoje temos uma nova cooperativa. Foram realizados muitos investimentos, tanto em infraestrutura e tecnologia como na qualificação dos nossos colaboradores. Contamos com um novo e moderno parque industrial, supermercados atraentes e excelentes estruturas de Agrocenter. Temos motivos de sobra para comemorar e muito a agradecer a todos que se dedicam e integram a família Languiru, num verdadeiro trabalho em equipe”, frisou, lembrando que hoje a empresa é a terceira maior cooperativa do Rio Grande do Sul.

Bayer também parabenizou de forma especial os colaboradores do Frigorífico de Suínos, reconhecendo o esforço de todos. “Contamos com uma equipe forte e solidária, e isso contribui significativamente para as perspectivas otimistas que temos, de consolidação dos grandes investimentos realizados.”

Crescimento mútuo

O vice-presidente Renato Kreimeier igualmente falou da importância de todos os colaboradores e parceiros da Cooperativa Languiru. “No último ano a Languiru criou 411 postos de trabalho, dos quais 371 no novo Frigorífico de Suínos, totalizando 2,2 mil colaboradores, além de contarmos com 4,5 mil associados. E um dos nossos diferenciais é justamente a valorização das pessoas. A Languiru trabalha pelo crescimento mútuo, beneficiando colaboradores, associados e a comunidade como um todo”, disse, prevendo um futuro brilhante para este e os próximos anos.

O gerente do frigorífico, Sulfe Juarez Tag, que trabalha na cooperativa desde 1978, se mostrou emocionado e muito feliz com o primeiro ano da unidade industrial de produtos suínos. “O novo Frigorífico de Suínos da Languiru é moderno, com grandes investimentos em automação, o que também contribui significativamente para melhores condições de trabalho dos nossos colaboradores. O primeiro ano da unidade industrial foi muito positivo e estamos preparados para novos desafios daqui para frente.”

Finalizando a programação da manhã, colaboradores e diretores da Languiru cantaram o “Parabéns”, seguido de salva de palmas.

O Frigorífico de Suínos

Inaugurado no dia 13 de abril de 2012, o novo Frigorífico de Suínos da Languiru é considerado um dos abatedouros mais modernos do país, empregando tecnologia de ponta, com investimento de R$ 60 milhões.

O empreendimento possui 14.500m2 e atualmente abate 1,1 mil suínos por dia, com capacidade total de abate de 2,5 mil animais/dia na segunda fase. Na unidade são industrializados cerca de cem produtos, com carnes in natura, salgados, defumados e embutidos, atendendo o mercado interno e com a expectativa de trabalhar também com exportações.

você pode gostar também Mais do autor

Comentários

Carregando...