Construmóbil 2017: Roda de Conversa aponta evolução da colaboratividade perante modelos fechados das instituições

Instituição X Colaboração foi o tema da Roda de Conversa promovida pela Feira da Construção Civil, Mobiliário e Decoração do Vale do Taquari – Construmóbil 2017 em parceria com Oficina670 Coworking na última sexta-feira (25). Partindo da minipalestra da comunidade global TED ministrada pelo teórico em Mídia Social, Clay Shirky, o grupo debateu a cooperação entre pequenos grupos de pessoas em substituição aos modelos fechados de negócios das grandes empresas.
Na pauta, a velocidade das transformações e a grande disponibiidade de informações proporcionadas pela tecnologia, o que tira o poder das instituições e permite que os indivíduos selecionem e compartilhem apenas o que realmente lhes interessa. Também estiveram em discussão as mudanças no mercado de trabalho, as quais deram origem a novas atividades e instigaram a sociedade a um processo de reinvenção. Para o arquiteto Marcos Nesello, a colaboratividade é uma realidade cuja principal característica está no desapego e nas trocas. “A grande revolução será poder viver com menos e usufruir de coisas mais significativas”, afirmou, acreditando que o principal patrimônio humano está no resgate de valores como caráter e honestidade.

Economia colaborativa
As Rodas de Conversa sobre a economia colaborativa iniciaram em março e se encerram em setembro, proporcionando mensalmente uma reflexão sobre as novas relações sociais e comerciais. A Construmóbil 2017 ocorre entre os dias 26 de setembro e 1º de outubro no Parque do Imigrante, em Lajeado, e contará com uma série de atividades relacionadas ao assunto, como o painel “A colaboração como o futuro da incorporação imobiliária”, com Eduardo Pricladnitzki, da Wikihaus, e a palestra “Design essencial”, com o renomado designer Marcelo Rosenbaum.

 

Fonte Imprensa Construmóbil 2017

você pode gostar também Mais do autor

Comentários

Carregando...