Construmóbil 2017

Lançamento reúne cerca de 200 pessoas e destaca a economia colaborativa

“Nossa intenção é explorar a economia colaborativa como geradora de novos negócios e inovadora dos modelos já existentes”, afirmou o presidente da 8ª Feira da Construção Civil, Mobiliário e Decoração do Vale do Taquai (Construmóbil 2017), Marcos Malllmann, no lançamento do evento. A solenidade reuniu cerca de 200 pessoas, entre autoridades políticas, lideranças empresariais e expositores nesta sexta-feira à noite, na sede da Associação Comercial e Industrial de Lajeado (Acil). O tema desta edição – Economia Colaborativa – foi o mote de um vídeo de abertura e também o destaque dos pronunciamentos. “Muitas vezes já fazemos as coisas seguindo a linha colaborativa, mas nem nos damos conta e tampouco compartilhamos isso”, disse Mallmann. A Construmóbil 2017 ocorre de 26 de setembro a 1º de outubro, no Parque do Imigrante, e conta com patrocínio de Fruki e apoio de CBM Materiais Elétricos, Seavat e Sebrae.
   Para o presidente da 8ª Construmóbil, a cadeia de valor da economia colaborativa mostra como as empresas podem repensar seus modelos de negócios tornando-se prestadores de serviços, fomentadoras de mercado ou provedoras de plataformas. “As empresas com visão de futuro empregam um modelo, enquanto as mais inovadoras empregam os três, com corporação no centro, abandonando assim a fórmula tradicional de preço, praça, produto e promoção”, concluiu. 
   Ao citar a Acil como catalizadora do desenvolvimento econômico, o presidente da entidade, Miguel Arenhart, salientou sua missão de fomentar o potencial latente da veia empreendedora. “Devemos fazer isso colaborando, compartilhando e trabalhando de forma conjunta com todas as forças vivas de nosso município”. Ele ainda enalteceu a sintonia que reflete grandes resultados. “Sabemos que grande parte do desenvolvimento tecnológico e empresarial que desfrutamos hoje é resultado da conexão entre indivíduos e empresas, transformando invenções e ideias em oportunidades de negócios”.
 Nessa linha, a construção civil é considerada estratégica para o desenvolvimento de Lajeado e seu potencial confirmado com números positivos, mesmo com um cenário econômico de sucessivas quedas do Produto Interno Bruto (PIB). No primeiro semestre deste ano foram aprovados 370 projetos de construção, somando 88 mil m² de obras, contra 55 mil m² do mesmo período do ano passado. Para o prefeito Marcelo Caumo, o desafio é superar o volume de 200 mil m² de 2016. “Nada mais animador do que realizar a feira para superar essa marca e atrair novos investidores”, declarou. Caumo ainda lembrou do início do funcionamento do escritório central para coletar opiniões da população sobre o Plano Diretor, a fim de projetar Lajeado para 2040.
   A cerimônia ainda traçou um breve histórico da feira, iniciada em 2003, e apresentou Kátia Eckert como a presidente da Construmóbil 2019. O evento foi encerrado com coquetel e confraternização do público.

Novidades e atrações
   A Construmóbil vai utilizar os pavilhões 1, 2 e 3, além dos saguões e área externa. E entre as novidades está o novo formato da Mostra Arquitetura & Design, que tem o apoio de Salva Craft Beer e Britagem Cascalheira. Essa atração passa para o lado direito do Pavilhão 3 e terá como tema central “Estares”. Dez grupos formados por arquitetos e designers vão compor o espaço, criando ambientes distintos, porém integrados. “Estamos fazendo um trabalho diferente nesta edição, que já começou com a definição conjunta do layout. Acreditamos que essas parcerias também serão intensificadas durante a montagem dos espaços, sendo um dos propósitos o desenvolvimento de ambientes que possibilitem a integração visual, reforçando a ideia de conjunto à Mostra”, explica a coordenadora, Marta Peixoto. 
   Outra alteração que os visitantes poderão conferir estará no Pavilhão 1, que além de abrigar estandes, vai oferecer alimentação e auditório. A programação técnica ainda está em formação, mas entre as atividades confirmadas estão a Rodada de Negócios do Sebrae, painéis sobre resíduos da construção civil, urbanismo e o Plano Diretor de Lajeado. 

Fonte Imprensa Construmóbil

você pode gostar também Mais do autor

Comentários

Carregando...