Concessão BR 386- CIC VT define estratégias para audiência pública

A entidade regional reafirma que a parceria público-privadas é uma das únicas chances da região conseguir melhorias na BR 386. O posicionamento a favor do pedágio, desde que a Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) aceite mudanças, entre elas, adiar a implantação para ter mais tempo para o debate e análise do contrato

A reunião de nivelamento de informações com os representantes das entidades ligadas à Câmara da Indústria, Comércio e Serviços do Vale do Taquari (CIC VT) foi na manhã desta sexta-feira (10.03), na Associação Comercial e Industrial de Lajeado (Acil). Os líderes chegaram ao consenso de que é preciso muito diálogo e união de esforços para evitar que a região possa ser prejudicada economicamente com o edital.  De acordo com o presidente da CIC VT, Ito José Lanius, as entidades coordenadas pela Câmara,  defendem que 50% dos valores gastos para manter a 386, sejam mantidos no orcamento federal. “ Mesmo com o pedágio, precisamos nos mobilizar para que a metade desse valor seja mantida no orçamento federal, a fim de reduzir o valor da tarifa e ainda promover investimentos que a rodovia necessita.”
A entidade tem essa posição, em função do imposto de Contribuições de Intervenção no Domínio Econômico (CIDE)  que foi criado para ser usado na infraestrutura de transportes. A CIC VT adimte que uma das poucas chances de melhorias na BR 386, seja a partir da parceria pública-privadas. Ficou definido que o grupo vai lutar para adiar o debate, ter o maior aprofundamento do estudo e que a região possa fazer parte da definição do processo de construção do edital.  “ Precisamos ter conhecimento da minuta do contrato para que, futuramente, possamos cobrar. Só vamos aceitar o plano, se o Codevat puder assinar o contrato como testemunha”, ressalta Ito.
Cada entidade local vai se mobilizar para levar o máximo de representantes para a audiência pública, no dia 16 de março, no Teatro da Univates, em Lajeado.

Simone Wobeto: Assessoria de Imprensa CIC VT

você pode gostar também Mais do autor

Comentários

Carregando...