Comunicação corporativa exige cuidados, afirma especialista

A diretora institucional da Brasil Telecom/Oi e ex-coordenadora geral de produção da RBS, Rita Daudt, palestrou durante reunião-almoço promovida pela Câmara de Comércio, Indústria e Serviços de Estrela (Cacis), no dia 16 de agosto, no Estrela Palace Hotel, em Estrela.

A publicitária e relações públicas, especializada em jornalismo, falou o sobre o efeito do desenvolvimento das telecomunicações no relacionamento interpessoal, abordando situações cotidianas e traçando comparativos. Para a especialista, nada substitui o olho no olho, mesmo estando o mundo tão globalizado e as relações extremamente virtuais. “Até hoje tenho o hábito de falar por telefone ou mesmo pessoalmente quando se trata de um assunto muito importante. Já passei por vários apuros por confiar demais na efetividade de trocas de e-mails profissionais. Vi que é necessário um acompanhamento mais rígido”, esclarece.

Rita admite que não há como negar que a tecnologia da informação é uma grande aliada no mundo corporativo, mas ela indica cautela. Muitas vezes, segundo ela, um breve encontro minimiza problemas futuros. Além disso, torna as relações muito mais pessoais. A especialista em comunicação também acredita que muitas empresas perdem a produtividade por estarem extremamente reféns das tecnologias. O exagero dos meios digitais é um fator que colabora para a queda da produtividade. “Infelizmente, nem todos sabem a dose certa quando o assunto são redes sociais, por exemplo. Isso demanda um tempo incrível na carga horária e pode trazer inúmeros prejuízos, não só financeiros, mas também nas relações”, avalia. Segundo Rita, como em qualquer outro aspecto da vida profissional e pessoal, o uso dos dispositivos digitais deve ser racional.

você pode gostar também Mais do autor

Comentários

Carregando...