Comitiva integra missão empresarial em Portugal

A presidente da Associação dos Amigos da Erva-Mate (AAErva-Mate), Juliana Montagner, participou, recentemente, de uma missão empresarial a Portugal com a finalidade de conhecer o mercado empresarial local, em especial a produção de vinho que possui Identificação Geográfica (IG), a mesma que a entidade busca para a erva-mate. “Foi uma oportunidade de trocarmos experiências e também aprender um pouco mais sobre as identificações. Conseguimos depoimentos e apoio forte para buscarmos a IG para a região”, comenta.

Também como forma de divulgar as ações da associação, a presidente esteve no Seminário Nacional de Identidade Geográfica, em Caxias do Sul, onde foi uma das painelistas sobre IGs em potencial. “Esse processo iniciou em Portugal com o vinho do Porto, depois chegou no Brasil e hoje o Vale do Vinhedo tem sua IG. São mais de 30 IGs no país. Então, apresentamos como está o processo da erva-mate, o que a associação já realizou, além de evidenciarmos o potencial do nosso produto”, afirma.

Para ela, tanto a viagem como seminário ajudaram a mostrar o quanto a IG resultou em impactos positivos para as regiões que as conquistaram. “O local todo muda, as pessoas passam a ter um olhar diferente, e o produto fica bem mais valorizado. Ao consumir um produto que tem uma identificação geográfica, o consumidor está tendo acesso a algo diferenciado, isso agrega valor de mercado”, ressalta.

você pode gostar também Mais do autor

Comentários

Carregando...