Comitiva de peruanos visita Languiru e propriedade de associado

No mês de outubro, uma comitiva de representantes de cooperativas peruanas de café e frutas visitaram a Cooperativa Languiru e propriedade de associado. Liderados pelo padre José De Bernardi, da Emprende Ideas Perú (associação composta por 17 instituições educativas, cooperativas e políticas do Peru), o grupo com 30 pessoas foi recebido pelo vice-presidente Renato Kreimeier no dia 8 de outubro e, no dia 10, visitou a propriedade do associado Vitor Ahlert, em Linha Schmidt Fundos, município de Westfália.

“Durante os dois dias em que estivemos aqui, percebemos que a Languiru procura oferecer tudo que for do seu alcance ao associado, em especial benefícios que tornem os produtores mais eficientes. A cooperativa, com a diversidade de negócios e setores em que trabalha, está certa em apostar na sucessão da pequena propriedade rural. O Vale do Taquari é uma região desenvolvida, progresso evidente para quem vem de fora. Vemos aqui a Languiru, que produz alimentos; a Certel, que distribui energia; e o Sicredi, que oferece recursos financeiros mais acessíveis”, avaliou Bernardi.

Ele ressaltou que a visita teve por objetivo a troca de informações, com o intuito de levar bons exemplos do cooperativismo brasileiro para o Peru. “Nós também procuramos essa diversidade produtiva em nosso país e encontramos excelentes referências tecnológicas, econômicas e sociais no Brasil, com ações caracterizadas pelo empreendedorismo e sustentabilidade”, acrescentou.

Kreimeier, por sua vez, apresentou institucionalmente a Languiru, com o foco de sua palestra justamente na diversidade e eficiência produtiva, bem como detalhes das integrações de aves e suínos, qualidade da matéria-prima e industrialização de produtos seguros aos consumidores. “Somos caracterizados pela união de esforços, inerente ao trabalho desenvolvido pelas cooperativas e pelo associativismo. A Languiru é transparente nas suas ações e agrega valor à matéria-prima produzida pelos seus associados, atendendo à vocação de cada produtor nos setores de aves, suínos e leite”, explicou, enaltecendo ainda o trabalho de assistência técnica e a remuneração por eficiência e qualidade produtiva.

O vice-presidente também falou do trabalho do círculo de máquinas e incentivos à Educação, citando a concessão de bolsas de estudo e o Programa de Sucessão Familiar. Bastante interessados, os peruanos puderam fazer muitas perguntas.

Na visita ao associado Vitor Ahlert, o intuito foi conhecer uma propriedade onde vivem diferentes gerações familiares e entender o que foi feito para encaminhar a sucessão na propriedade. Durante a estada na propriedade, os peruanos foram acompanhados pelo coordenador do Setor de Leite do Departamento Técnico, Fernando Staggemeier, e pelo professor do Programa de Sucessão Familiar da Languiru, Lucildo Ahlert.

“Procuramos conhecer uma propriedade rural que pudesse servir de exemplo motivador aos associados das cooperativas peruanas, considerando uma propriedade organizada e produtiva. Estamos muito satisfeitos com tudo que pudemos vivenciar junto à Languiru e esperamos poder estreitar esta relação com as cooperativas brasileiras, com futuras ações de intercâmbio”, agradeceu Bernardi.

O grupo de peruanos contou com produtores, associados, diretores, gerentes, docentes, fiscais, engenheiros e colaboradores de cooperativas, universidades e associações ligadas à agricultura, representantes de incubadoras empresariais, associações de mulheres e de advogados.

você pode gostar também Mais do autor

Comentários

Carregando...