Com uso de plástico reciclado, Girando Sol reduz 164,2 mil litros de consumo de petróleo

O respeito ao meio ambiente faz parte da política empresarial da Indústria e Comércio de Produtos de Limpeza Girando Sol Ltda, de Arroio do Meio. E uma das ações diz respeito à priorização do uso de resinas e embalagens plásticas recuperadas no processo de fabricação própria dos frascos para o envase dos produtos. Em 2014, a Girando Sol adquiriu 138 toneladas deste material da Alcaplas Indústria de Plásticos Ltda, empresa de Santa Catarina especializada na transformação de aparas plásticas em polímeros. A aquisição ambientalmente correta rendeu certificado à Girando Sol, no qual são destacados os inúmeros benefícios proporcionados.

A partir da opção de compra de 138 toneladas de plástico reciclado, em detrimento de outro, a Girando Sol contribuiu para a redução de 211 toneladas de gás do efeito estufa na atmosfera, diminuição de consumo de 164,2 mil litros de petróleo e menos 1.032 metros cúbicos de água. As vantagens vão além e incluem a redução de 152 toneladas de resíduos plásticos em aterros e de 712 MWatt/T de energia elétrica.

Ao causar menos impactos ambientais, a Girando Sol colabora com a natureza e com a qualidade de vida de seus consumidores. “Nossa preocupação vai além da biodegradabilidade dos nossos produtos e a maneira como são fabricados, chegando até a embalagem pós-consumo”, destaca a responsável pelo setor de resíduos, Marcia Hoss. “Com esta ação, gostaríamos que as pessoas percebessem a importância da correta separação e destinação dos resíduos para que a embalagem volte a ser reutilizada, minimizando o impacto ambiental, gerando renda para quem coleta e transformando o lixo em matéria-prima”, completa.

Mais ações em prol do meio ambiente

A iniciativa não é isolada e a conscientização ambiental está presente em vários setores da nova fábrica, em fase de finalização. Um sistema de exaustão proporciona a lavagem dos gases gerados na indústria, devolve o ar limpo para o meio externo e o vapor do cloro é reaproveitado na produção da água sanitária, beneficiando o meio ambiente e também a saúde dos próprios colaboradores. Os resíduos sólidos são separados por tipo para envio às empresas autorizadas.

A economia de energia está prevista em detalhes como telhas transparentes, ventilação natural e no aproveitamento do desnível da área da indústria, com as matérias-primas entrando na empresa pela parte mais alta, até chegar na ala mais inferior, com o produto final na expedição. Além disso, uma cisterna armazena até oito milhões de litros da água da chuva para posterior aproveitamento no processo produtivo, limpeza e jardinagem da empresa.

você pode gostar também Mais do autor

Comentários

Carregando...