Com diferentes objetivos, público prestigia primeira noite da Construmóbil 2017

Os primeiros visitantes da Construmóbil 2017 que circularam pelo Parque do Imigrante nesta terça-feira (26) se depararam com o requinte, sofisticação e inovação dos setores da construção civil, mobiliário e decoração. Na primeira noite, o destaque ficou com a beleza dos estandes, especialmente preparados para estreitar relações e proporcionar negócios aos expositores. Para o público, os espaços representam o ambiente perfeito para a realização de sonhos, idealização de projetos e até aplicação de estudos.
Junior Sulzbach, de Estrela, foi um daqueles que veio planejando o futuro. Ele, que já possui casa própria, estava com a companheira Cristine e o filho Artur em busca de lançamentos e novidades, com o propósito de encontrar uma opção diferenciada e atrativa de terreno ou imóvel para investimento.

 

 

 

Igualmente proprietários de sua residência, o casal Lisandro Tatsch e Michele Ravel, de Lajeado, trouxeram as filhas Isadora e Lívia para auxiliarem na procura por materiais e móveis para reforma da casa e construção de um quiosque, analisando também as condições de pagamento em relação às normalmente aplicadas no mercado. Ao evidenciar a quantidade de imobiliárias e a oferta de grandes empreendimentos, a família enalteceu a organização do evento e revelou que parte de seu objetivo já estava cumprido, visto que agendaram uma visita pós feira com um vendedor de portas de correr.

A Construmóbil ainda oferece oportunidade de qualificação do setor e foi em busca de aperfeiçoamento que um grupo de 30 estudantes do curso técnico em edificação de Tabaí veio a Lajeado. A tarefa de avaliar os estandes e selecionar um case para explorar na disciplina de topografia mobilizou os estudantes, entre os quais. Natural de Triunfo, a jovem considerava a escolha por uma construtora que auxilia na concepção de loteamentos e não escondia sua satisfação por tudo que encontrou na exposição. “A feira está encantadora. Dá para enlouquecer aqui dentro”, avaliou.

 

 

Fonte Imprensa Construmóbil 2017

você pode gostar também Mais do autor

Comentários

Carregando...