Colégio Teutônia e Capa firmam parceria na área da agroecologia

Por meio de oficinas e trabalhos específicos com os estudantes no ambiente escolar, o Colégio Teutônia busca estimular hábitos de produção e consumo de alimentos mais saudáveis, envolvendo também as famílias. Num trabalho educacional com olhar especial para a dimensão da Saúde e, por consequência, voltado à alimentação e ao compartilhar, o educandário, por meio da mantenedora Fundação Agrícola Teutônia (Fat), firmou parceria com a Instituição Sinodal de Assistência, Educação e Cultura (Isaec), mobilizando a equipe de profissionais do Centro de Apoio ao Pequeno Produtor (Capa).

A assinatura do convênio ocorreu na última quarta-feira, dia 12, em momento de celebração que contou, inclusive, com almoço preparado, em sua maioria, com produtos orgânicos. A parceria prevê prestação de serviço de assessoria técnica do Capa ao Colégio Teutônia nas áreas de agroecologia, abrangendo a agricultura rural e urbana por meio de técnicas de produção de alimentos, beneficiamento, transformação e consumo de alimentos saudáveis. Esse trabalho será desenvolvido com grupos de professores e estudantes da Educação Infantil, Ensino Fundamental e Médio e o Capa coloca à disposição sua equipe multiprofissional, em especial engenheiros agrônomos, técnico em agropecuária, enfermeira e nutricionista.

“É um projeto amplo, com muitas possibilidades. A partir da adesão dos estudantes, procuramos ampliar o envolvimento até às famílias”, justifica o diretor do CT, Jonas Rückert. Entre essas atividades haverá uma horta escolar. “Com isso, os estudantes terão a oportunidade de conhecer as plantas, suas sementes e mudas, observando o crescimento delas nos canteiros e, a partir desse conhecimento, desenvolver hábitos de alimentação saudável, produzindo e consumindo alimentos sem agrotóxicos. Os estudantes estarão, de fato, em contato com a terra, prática saudável que contribui para o desenvolvimento pessoal e a própria imunidade”, explica o engenheiro agrônomo do Capa, Lauderson Holz.

O presidente da Diretoria Executiva da Fat, Silvério Brune, fala do valor da parceria e da importância do projeto de agroecologia. “As pesquisas apresentam o constante crescimento populacional e a necessidade de produção de alimentos. Com esse projeto, pretendemos disseminar a produção de alimentos saudáveis, de maneira criativa, com hortas e pomares também nos ambientes urbanos, uma retomada da cultura de subsistência”, afirma.

Falando em nome do Capa, o coordenador Sighard Hermany se diz feliz com a possibilidade de trabalho conjunto. “Este é um momento significativo, envolvendo instituições que possuem objetivos em comum, um processo de construção da agroecologia educativa. A cooperação, alinhando e aproximando a experiência do Capa e do Colégio Teutônia, busca a promoção da saúde, com uma alimentação correta e saudável. Queremos comida boa na mesa, em quantidade e em qualidade”, destaca.

O evento de assinatura do convênio, realizado na Casa da Comunidade Evangélica, no Bairro Teutônia, contou com a presença de representantes da diretoria da Comunidade Paz e da pastora Evanice Adriana Beise, diretoria da Oase, pastor Sinodal Gilciney Tetzner, diretoria do Sínodo Vale do Taquari, conselheiros e equipe técnica do Capa, representantes do CT, da Fat e da Associação de Pais do educandário, além da imprensa.

 

você pode gostar também Mais do autor

Comentários

Carregando...