Clima chuvoso atrasa em um mês a troca de velocidade na BR-386

Anunciada pelo Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) para o fim do mês de outubro, a troca de velocidade na BR-386, no trecho entre Estrela e Canoas ainda não ocorreu. A nova estimativa é que alteração seja feita até o fim do mês de novembro.

De acordo com o inspetor-chefe da 4ª Delegacia de Polícia Rodoviária Federal (PRF), Adão Vilmar Madril (55), durante o mês de outubro o clima não colaborou. “Choveu demais, foram poucos dias de sol e como esse trabalho é executado na rodovia, que deverá receber toda sinalização nova, a empresa contratada pelo Dnit não teve condições de efetuar o serviço.”

Além da troca da velocidade, que terá níveis diferentes para veículos leves e caminhões, é necessário confeccionar as placas usadas para sinalização. “Foi outro problema apontado neste trabalho. Hoje não há como prever com certeza quando a troca poderá ser feita. Eu espero que até o fim do mês de novembro essa mudança seja realizada”, projeta Madril.

Conforme a Superintendência Regional do Dnit em Porto Alegre, a troca de velocidade na BR-386 de 80 km/h para 100 km/h faz parte do projeto “BR Legal”, que revitaliza a sinalização das estradas, neste caso, entre Estrela e Canoas, trecho que receberá as novas placas de sinalização. A estrada da região será a segunda rodovia federal a operar com o novo limite de 100km/h para veículos leves no Estado. Atualmente a velocidade máxima no trecho é de 80 km/h.

De acordo com a PRF, no trecho entre Estrela e Canoas, por dia, circulam em média 30 mil veículos, fazendo com que a BR-386 seja a segunda rodovia com maior movimento no Estado.

você pode gostar também Mais do autor

Comentários

Carregando...