CIC-VT participa do lançamento do Plano Energético do RS

O presidente da Câmara de Indústria, Comércio e Serviços do Vale do Taquari (CIC-VT), Ito Lanius, acompanhado do tesoureiro da entidade, Adaílton Cé participaram nesta quinta-feira, dia 17, do lançamento do Plano Energético do RS. A energia é uma das principais bandeiras da entidade com atuação de mais de 10 anos na região.

Inédito no Rio Grande do Sul, o Plano Energético elege as fontes de energia que podem ser melhores exploradas no Estado, com o propósito de garantir um abastecimento de energia com qualidade, que atenda às necessidades da população. A solenidade aconteceu no Palácio Piratini, com a presença do governador José Ivo Sartori e do secretário de Minas e Energia, Lucas Redecker.

O estudo, desenvolvido pela Secretaria de Minas e Energia com apoio de empresas, entidades e universidades, demorou um ano para ser concluído. O projeto apresenta um conjunto de diretrizes e propostas para o setor energético estadual de forma regionalizada, e aponta os obstáculos que precisam ser enfrentados para um abastecimento de energia continuado e com qualidade ao longo da próxima década.

Para elaborar esse planejamento, a secretaria realizou encontros em todo estado e dividiu o Rio Grande do Sul em 17 regiões, com critérios de grupamento que contemplam os interesses sociais, econômicos, políticos e energéticos. O resultado do trabalho deixa claro onde está o potencial para a geração de energia e quais as fontes que podem ser melhor exploradas. Além disso, o documento traz diretrizes de conservação e uso racional de energia, contextualiza o papel crescente das energias limpas e renováveis na nossa matriz energética, bem como aborda a incorporação de novas tecnologias na geração, distribuição e consumo.

O secretário Lucas Redecker ressaltou que o projeto é uma radiografia geral do Estado. “O plano mostra o que podemos estimular, e de que maneira podemos ser o Estado que gera energia e exporta para o resto do Brasil. Nós temos uma robustez hoje de linhas de transmissão e seremos, sem dúvida, o Estado que vai ser reconhecido, nos próximos anos, por exportar energia e garantir para o resto do país.”

Já o governador José Ivo Sartori acrescentou que esse trabalho é pioneiro e coletivo para viabilizar um processo. “Se não tem energia, não tem progresso, não tem desenvolvimento, não tem crescimento econômico. Com o plano energético, podemos avançar com segurança, identificar as demandas e trabalhar na direção para que o Estado tenha um novo ciclo de desenvolvimento. Assim, podemos tornar o Rio Grande do Sul mais eficiente, menos burocrático e mais voltado ao cidadão que é uma premissa que norteia nosso trabalho.

O presidente da CIC-VT, Ito Lanius elogiou a iniciativa do governo por conseguir apresentar um projeto tão bem elaborado num período curto, de um ano. “Com o lançamento do plano abre-se novos horizontes tanto de negócios diretamente na geração de energia quanto na infraestrutura para instalação das fontes geradoras, bem como vai facilitar a vida dos consumidores que poderão contar com energia de qualidade e de melhorar preço.

você pode gostar também Mais do autor

Comentários

Carregando...