CIC VT apoia o projeto turístico que pretende unir o vinho da Serra Gaúcha com o pão do Vale do Taquari

A reunião de trabalho foi promovida pela Associação dos Municípios de Turismo do Vale do Taquari (Amturvales) para discutir a retomada da rota “Pelos Caminhos do Pão e do Vinho”.
O encontro uniu autoridades e lideranças das duas regiões e foi realizado no dia 2 de junho, na Câmara Municipal de Vereadores de Muçum. O grupo reconhece que é necessário asfaltar a estrada de chão, que possui aproximadamente 60 quilômetros de extensão. O trecho da rodovia liga Anta Gorda, no Vale do Taquari, a Santa Tereza, na Serra Gaúcha. A estrada ainda passa pelos municípios de Doutor Ricardo, Encantado, Muçum e Roca Sales.

A proposta de unir os municípios começou em 2011, quando o projeto foi apresentado no Ministério do Turismo. A rota quer impulsionar o turismo na região, principalmente na parte alta do Vale, que já dispõe da estrutura do Caminho dos Moinhos. A Associação de Turismo da Serra (Atuasserra) elaborou um estudo que destacou entre outros dados, o número de veículos que cruza a estrada por dia, e o custo estimado da obra, que é de 1 milhão e 600 mil reais por quilômetro.

O presidente da Câmara da Indústria, Comércio e Serviços do Vale do Taquari (CIC VT) Ito José Lanius parabenizou a iniciativa do grupo e ressaltou que a entidade é parceira do projeto. “A CIC VT luta pela desenvolvimento do Vale do Taquari e um projeto como esse tem um grande potencial para se tornar uma rota turística que vai valorizar ainda mais a nossa região.”

Fonte Assessoria de Imprensa CIC VT

você pode gostar também Mais do autor

Comentários

Carregando...