CIC Teutônia representa associados em audiência com a Fiergs

Teutônia – A diretoria da CIC Teutônia, em especial os diretores da Indústria, e a Municipalidade estiveram, recentemente, em audiência com a direção da Federação das Indústrias do Rio Grande do Sul (Fiergs), em Porto Alegre. A comitiva teutoniense, comandada pelo presidente da CIC, Ivandro Rosa, e pelo secretário municipal da Indústria e Comércio, José Mirto Petter, foi recebida pelo presidente da Fiergs, Heitor José Müller, e pelo responsável pela Coordenadoria de Articulação Empresarial da Federação, Jorge Serpa.

Em pauta a competitividade industrial, os gargalos enfrentados pelo setor e as oportunidades de negócios. “A visita teve como propósito buscar a aproximação da CIC, como representante da comunidade empresarial teutoniense, com a Fiergs, viabilizando o encaminhamento de negócios para as empresas de Teutônia”, ressalta Rosa, citando como exemplo a possibilidade de empresas locais participarem da venda de seus produtos para o Exército, a Marinha e a Aeronáutica.

Müller se mostrou solícito aos anseios apresentados pelas lideranças empresarias e políticas e falou em otimismo. “Percebo que há um otimismo econômico no ar. O maior problema brasileiro hoje é mantermos longe o ‘dragão’ da inflação. Deve haver uma redução de gastos dos recursos financeiros públicos, ao mesmo tempo em que devem ser feitos investimentos em portos, aeroportos, ferrovias e rodovias. São investimentos de longo prazo, projetos de maturação.”

O vice-presidente da diretoria da Indústria da CIC e vice-presidente da Cooperativa Languiru, Renato Kreimeier, elogiou a facilidade de acesso à Fiergs. “Esta aproximação é cada vez mais importante. Juntos todos nós podemos crescer. Teutônia e o Vale do Taquari como um todo possuem excelentes oportunidades no agronegócio e na indústria.”

Apresentação institucional

Após reunião no gabinete do presidente Müller, o grupo participou de apresentação institucional do sistema Fiergs/Ciergs e todo seu “guarda-chuva”, composto por outras entidades como Sesi, Senai e IEL. A sequência da visita foi orientada pelo coordenador Jorge Serpa, que enalteceu a iniciativa da CIC em buscar esta aproximação. “A CIC Teutônia integra o Centro das Indústrias do Rio Grande do Sul. Todos nós somos ‘remadores da mesma embarcação’. Para sermos competitivos, devemos estar cada vez mais organizados e unidos para a busca de melhorias em todos os ambientes.”

O coordenador de Gerência Técnica da Fiergs, Paulo Dias, ainda falou sobre a forma de atuação da entidade. “O Sistema foi criado pela indústria para atender as necessidades das indústrias do Rio Grande do Sul. Oferecemos uma série de serviços que contribuem para o desenvolvimento das empresas.”

Na sequência ainda foram exibidos detalhes do Serviço Social da Indústria (Sesi), do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai) e do Instituto Euvaldo Lodi (IEL).

você pode gostar também Mais do autor

Comentários

Carregando...