CIC Teutônia presta contas em assembleia

Associados aprovam alteração estatutária

Na noite de 23 de março a CIC Teutônia realizou Assembleia Geral Ordinária e Assembleia Geral Extraordinária, tendo por local o Auditório 01 da entidade. Na ordem do dia, destaque para prestação de contas, compreendendo relatório de atividades do ano de 2016, demonstrativos contábeis e parecer do Conselho Fiscal; e alteração da contribuição dos associados. Em regime extraordinário, os associados apreciaram, votaram e aprovaram alteração estatutária, com a criação do Conselho Consultivo composto por ex-presidentes da entidade.

Relatório de atividades

A secretária executiva da CIC, Carina Schulte Bolfe, conduziu apresentação do relatório de atividades do último exercício, destacando as principais ações desenvolvidas pelas diferentes pastas e setores da diretoria e da entidade, especialmente ações de representatividade. “Tivemos um ano bastante intenso, num ano de dificuldades para a economia nacional, e isso foi perceptível no nosso quadro social, com a pequena redução no nosso número de associados, pela primeira vez. Paralelamente a isso, tivemos mais capacitações ao longo do ano, porém, com menos participantes, e o incremento no número de registros no SCPC. Vendemos menos, consultamos menos, mas registramos mais devedores, o que reflete os índices de inadimplência nos negócios”, avaliou.
Entre outras atividades, Carina lembrou o lançamento e as reuniões de planejamento da 1ª Teuto Frango Fest, que ocorre em agosto de 2017; números de convênio com a Unimed; atividades do setor de relacionamento com o cliente; ações da Parceiros Voluntários, com inúmeras atividades e maior envolvimento de voluntários ao longo do ano; e a variedade de campanhas promocionais de incentivo às compras no comércio local. “Agradecemos a todos os diretores pelo envolvimento voluntário, dispondo de algumas horas do seu tempo pela entidade. A CIC é fruto da dedicação de todos, diretores, colaboradores e associados”, resumiu.
Em seguida, os demonstrativos contábeis foram apresentados pelo contador da CIC, Ovídio Driemeyer, os quais foram aprovados por unanimidade. Na oportunidade os associados presentes à assembleia ainda aprovaram de forma unânime a majoração no valor das mensalidades. Recebeu destaque ainda as destinações financeiras voluntárias da CIC a entidades assistenciais, como Hospital Ouro Branco, Apae, Corpo de Bombeiros Voluntários de Teutônia, Liga Feminina de Combate ao Câncer de Teutônia, Rotary Club de Teutônia e investimentos na Escola Técnica do Senai, recursos que totalizaram cerca de R$ 62,5 mil.

Representatividade

O presidente da CIC, Renato Scheffler, lembrou a missão, a visão, os valores e os princípios da entidade, enaltecendo as diversas ações desenvolvidas nesse sentido. “O ano de 2016 foi difícil para todos, e a CIC também passou por ajustes que nos permitiram atingir metas propostas no Planejamento Estratégico. Com o objetivo de promover e fomentar negócios, realizamos uma série de ações que movimentaram a economia de Teutônia e região, além de terem cunho social e cultural. Somos reconhecidos como uma entidade bastante dinâmica, com ações e projetos em diferentes áreas, e isso qualifica o trabalho desenvolvido pela equipe de colaboradores, diretores e associados.”
Para ele, o foco deve estar em buscar, cada vez mais, o envolvimento de associados e da comunidade nas ações da CIC. “Queremos poder dar a nossa contribuição para desenvolver o empreendedorismo, promover a desburocratização, facilitando as ações de novos empreendedores. Esse é um trabalho que requer a união da entidade, dos empresários e do Poder Público”, concluiu Scheffler.
O vice-presidente do Comércio, Gerson Gräbin, também mencionou algumas ações desenvolvidas pela CIC, em especial a reativação de núcleos comerciais, compostos por empresários de algumas das principais ruas comerciais de Teutônia. “Procuramos a união de esforços por objetivos em comum”, disse, citando ainda ações normativas contra feiras itinerantes irregulares na região. Nesse contexto, anunciou que no mês de julho a entidade e os comerciantes associados promovem feira local, iniciativa que estimula a comunidade regional a prestigiar o comércio de Teutônia regularmente estabelecido. “Serão preços extremamente atrativos, beneficiando o comércio local e os consumidores”, avaliou.

Alteração estatutária

Por fim, os associados apreciaram, votaram e aprovaram por unanimidade alteração estatutária, com a criação do Conselho Consultivo composto por ex-presidentes da entidade. “É uma forma de valorizar o trabalho voluntário realizado em gestões anteriores. É muito importante contar com a participação dessas lideranças, ouvindo suas opiniões, de fato como conselho consultivo, sempre em defesa dos interesses dos nossos associados”, justificou Scheffler.

Fonte Leandro Augusto Hamester

você pode gostar também Mais do autor

Comentários

Carregando...