Certel registra incremento no consumo de energia superior ao nacional

Distribuídos em 48 municípios gaúchos, os mais de 65 mil associados da Certel demonstram motivos para aproveitar de uma melhor maneira os benefícios proporcionados pela energia elétrica. Ao menos é isso que comprova índice apurado entre janeiro e agosto deste ano, que registrou incremento no consumo de energia elétrica de 5,37%, superior ao da Região Sul, de 1,5%, e do País, de 1,3%. A cooperativa compreende uma região bastante diferenciada, com desenvolvimento acima da média nacional. No setor rural, o incremento foi de 4,46%; no residencial, 7,01%; no comercial, 5,12%; no industrial, 5,11%; e outras classes, 3,75%.

Além de contarem com uma infraestrutura energética de primeiro mundo, com investimentos constantes em modernização, os associados da Certel têm outro bom motivo para comemorar. A cooperativa oferece a energia elétrica mais barata do Estado, com tarifa 33% inferior às das concessionárias. “Significa que, num ano, nossos associados pagam quatro meses a menos de energia, se compararmos com as demais distribuidoras. É um diferencial competitivo para as indústrias, para o comércio e também para as residências, que vêm registrando consumo ampliado”, assinala o presidente da Certel, Erineo José Hennemann.

Entre os principais investimentos implementados pela cooperativa, o presidente elenca a melhoria substancial das quatro subestações rebaixadoras (Teutônia, São Pedro da Serra, Lajeado e Canudos do Vale); tecnologia aplicada nas redes de distribuição, com chaveamentos automáticos comandados pelo Centro de Operação do Sistema Elétrico, na sede da cooperativa; renovação da frota, possibilitando condições para que o associado seja atendido com a maior urgência; e, o mais importante, a qualificação gradativa das equipes. “Não adianta ter equipamentos e modernidade, sem pessoas qualificadas e comprometidas com o trabalho que tem de ser desenvolvido. Logo, nossos profissionais frequentam cursos e reciclam-se constantemente para garantir estabilidade, segurança e confiabilidade no fornecimento”, pontua.

E o que já é classificado pelos associados como excelente, tende a melhorar ainda mais. No dia 12 de setembro, foi assinado contrato de conexão da Certel com a futura Subestação de Costão, que receberá energia de uma linha de transmissão de 230 kilovolts interligada com a subestação de Garibaldi.

Hennemann classifica este como um momento histórico para a Certel. “É um investimento que deverá ser construído no próximo ano, e a cooperativa teve grande participação quanto à agilização desta obra, que trará mais uma fonte de energia para o Vale do Taquari. Proporcionará autossuficiência para os próximos 15 anos, dobrando a capacidade energética para a nossa região”, comemora o presidente.

Fonte Assessoria de Imprensa da CERTEL

você pode gostar também Mais do autor

Comentários

Carregando...